domingo, 30 de agosto de 2015

Programação de férias apresentou a cultura do Maranhão para turistas e maranhenses






A primeira edição do projeto “Mais Cultura e Turismo” chegou ao fim no último sábado, 29 de agosto. O programa, realizado pelo Governo do Maranhão, por meio das Secretarias de Turismo e Cultura foi concebido com o objetivo de garantir uma programação de férias, tanto para os turistas que visitam o estado, quanto para a população maranhense. Foram mais de 60 atrações culturais, com feiras gastronômicas e de artesanato, envolvendo mais de 100 de artistas e profissionais, e animaram os meses de julho e agosto de São Luís, no Espigão da Ponta D’Areia e no Centro Histórico; e em Barreirinhas, na Beira Rio. 

Para o governador do Maranhão, Flávio Dino, o projeto é mais uma iniciativa do Governo do Estado de valorização a vasta cultura local. “Essa é mais uma forma de confirmarmos a prioridade que damos às regiões turísticas do nosso Estado. A ideia é integrar o turismo da região com outras atividades, incentivando o turismo cultural e aquecendo a economia dessas localidades. É uma forma de garantir mais alternativas para o turista conhecer a cultura e os artistas maranhenses”, disse Dino. 

A secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade, explicou que o programa chegou para complementar a experiência dos visitantes que escolheram o Maranhão para passar férias. “Além dos atrativos turísticos já consolidados, esta proposta permitiu que eles conhecessem mais sobre as nossas manifestações culturais, rica gastronomia e artesanato diversificado”, explicou Delma. 

Já o secretário de Estado da Cultura, Felipe Camarão, explicou que a iniciativa conjunta foi uma ação concreta de descentralização de ações, proposta pelo governador Flávio Dino. “Para implementar uma política cultural coerente e capaz de atender os diversos públicos, promovemos a ocupação de espaços e equipamentos culturais durante esses dois meses”, disse. 

‘Mais Cultura e Turismo’ terá continuidade no interior do Maranhão 

Uma noite memorável, com homenagens, emoção, depoimentos marcantes e a presença de autoridades, imprensa e trade turístico, que foram apreciar o melhor da cultura maranhense, marcou o encerramento. Nem a forte presença da lua com seu majestoso brilho foi capaz de ofuscar a magia e simplicidade das Divinas Folioas, a suavidade e doçura de Flávia Bittencourt, e o encanto de Luiz Melodia. 

A estrutura feita pelo Governo do Estado facilitou a interação entre artistas e público, com isto famílias, crianças, idosos puderam curtir a noite com muita tranquilidade e segurança. "Além da boa interação com o público, que cantou e dançou com nossas músicas, fizemos um grande show. Foi uma noite especial", comemorou o cantor Luiz Melodia. 

Para a cantora Flávia Bittencourt faltava uma inciativa como essa. “Essa interação entre a música, a cultura, o turismo era necessário. Faltava um projeto assim, que valorizasse tudo isso. É importante que os maranhenses conheçam o que é da nossa terra. E com o ‘Mais Cultura e Turismo’ houve essa oportunidade”, comentou ela. 

O Governador do Maranhão, Flávio Dino, falou que o importante, além da valorização, foi o incentivo a economia local. Ele aproveitou a oportunidade para dizer que o projeto se estenderá, ainda neste semestre para outras cidades do Maranhão e que no final do ano, período de férias, a ação retorna a São Luís. “O formato é o mesmo para as cidades do interior; feiras gastronômicas, de artesanato e apresentação de artistas do próprio município. Tudo isso organizado tanto para os moradores quanto para os visitantes para eu conheçam e tenham contato com a cultura maranhense”, destacou o governador. 

De acordo com a Secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade, o projeto “valoriza o povo, a cultura e os espaços públicos existentes, proporcionando momentos de lazer e integração entre os maranhenses e turistas”. 

E o público gostou e já pede bis. “Vim com meu esposo, meus dois filho, nora, netos, para assistir esse espetáculo, ainda mais ouvir Luiz Melodia, que marcou minha geração com suas músicas e não poderia deixar de vir curtir. E a expectativa é que não morra aqui, que essa ação continue para que não somente turistas, mas os próprios maranhenses possam desfrutar da nossa cultura”, afirmou a aposentada Maria Antonieta da Silva. 

Valorização da cultura

As metas do projeto integram as diretrizes do governo Flávio Dino, que é a valorização da cultura e identidade maranhense. “Por meio do reconhecimento e incentivo à cultura do Maranhão, que é um atrativo turístico, é possível priorizar a geração de oportunidades e apoio ao empreendedorismo e consequentemente o desenvolvimento econômico e social da região”, enfatizou Delma Andrade. 

O ‘Mais Cultura e Turismo’ atuou como uma vitrine para apresentação e valorização de excelentes cantores e bandas maranhenses. “A diversidade cultural do Maranhão é intensa, e quanto mais incentivo e profissionalização para se desenvolver, as oportunidades se concretizam e o projeto contemplou essa demanda de resgatar e apresentar grandes nomes da cultura maranhense para o público local e turistas”, ressaltou a secretária de Turismo. 

Para o vocalista da banda Filhos de Jah, Fabinho de Jah, o momento foi único para a cultura maranhense. “É o nosso trabalho sendo reconhecido e incentivado pelo ‘Mais Cultura e Turismo’ e acima de tudo, a oportunidade que temos de apresentar música própria para o público maranhense e aos visitantes”, disse. 

O cantor Celso Reis, que também se apresentou no projeto, complementou reforçando que a atividade proporciona um intercâmbio com o visitante que conhece a produção musical maranhense de primeiríssima qualidade. “É preciso resgatar a nossa cultura e a autoestima do maranhense, é preciso apresentar a riqueza cultural maranhense ao Brasil e o projeto funciona com um cartão de visita da nossa cultura”, afirmou. 

“Nunca imaginei encontrar tamanha variedade e programação de excelente qualidade aqui no Espigão. Vim para apreciar o por do sol e me deparo com essa apresentação”, exclamou o turista de Belém, Paulo José Sardela, em um dos domingos ensolarados no Espigão Costeiro da Ponta D`Areia. 

Boas-vindas e boas vendas

O “Mais Cultura e Turismo” encerra com sucesso de público e incremento na economia do comércio, em especial no Centro Histórico de São Luis, que concentrou parte das atividades. Estima-se um crescimento nas vendas em torno de 30% em relação aos dias comuns. O resultado positivo se deu pela grande concentração de pessoas, atraídas pelos nomes dos artistas e manifestações culturais, que se apresentaram no palco e proporcionou bem-estar e ganhos reais a auto-estima do maranhense. 

Uma pesquisa feita com cerca de 50 comerciantes, tanto em São Luís, quanto em Barreirinhas. Todos foram unânimes em expor sua satisfação e desejo para outras versões do projeto. 

Na sua primeira versão o projeto já ditou moda e muitos ritmos, aquecendo a economia local, sublinhando as tendências do setor do comércio local, especialmente nos táxis, lojas de artesanato, bares, restaurantes e comércio informal, que foram unânimes em afirmar que houve ganhos nos dias do evento. 

“O maranhense está com o poder de compra reduzido e valorizando mais do que nunca sua renda, e isto faz com que ele abra mão de alguns serviços, entre estes os de táxi. Estes shows deram maior volume aos usuários desse meio de transporte e foi muito bom para nós que trabalhamos aqui no entorno do Centro Histórico”, disse taxista Raimundo Nonato, ressaltando a importância do projeto para sua atividade. 

De acordo com os vendedores, comerciantes e ambulantes, o projeto veio em um bom momento, uma vez que julho é o mês de férias e a cidade recebe muitos visitantes. “Nossa capital recebe muitos turistas nessa época, dispostos a vivenciar a nossa cultura e consumir nossos produtos. Além de aumentar a renda, ainda, alegrou e embelezou o local onde trabalhamos”, comentou a proprietária de loja de artesanato, Flávia Martins. 

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Prefeitura realiza rodada de negócios em Belém visando a atração de turistas para São Luís

O potencial turismo da capital maranhense foi apresentado nesta quinta-feira (27) a empresários paraenses durante rodada de negócios promovida pela Prefeitura de São Luís em Belém. O evento, que reuniu cerca de 70 empresários do setor, integra o Plano de Negócios da Secretaria Municipal de Turismo (Setur) com o objetivo de proporcionar ambientes amplamente favoráveis para a propagação de parcerias entre empresas do trade turístico nacionais e estrangeiras na promoção do destino maranhense.

Os empresários paraenses ficaram otimistas com o aumento nas vendas de pacotes para São Luís. "É importante a troca de informações entre as instituições, assim podem negociar descontos e garantir a comercialização dos pacotes turísticos em São Luís e Belém", disse a secretária da Setur, Socorro Araújo. Além de técnicos da Setur.

A proposta da rodada de negócios é facilitar o acesso e contato de empresas de variados portes entre ambos os Estados e fortalecer os produtos do Turismo, como os pacotes de viagem. Uma comitiva de técnicos e empresários de Turismo de São Luís participaram da reunião. A comitiva da secretaria começou a agenda na capital paraense no dia 26 com visitas a agências e operadores de Turismo divulgando o potencial turístico maranhense e convidando o empresariado para participar da reunião de negócios.

A Rodada de Negócios foi organizada pela Setur com o apoio da Azul Linhas Aéreas, da Associações Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH), de Agências de Viagens (ABAV) no âmbito maranhense, pelas Federações da Indústria dos Estado do Maranhão (FIEMA) e Pará (FIEPA), pelo Sindicato dos Hoteis, Bares, Restaurantes e Similares (Siama), e pelo restaurante Mar e Sol, de São José de Ribamar.

Evento de lazer movimentará Parque Botânico neste sábado

No dia 29, o Parque Botânico da Vale realizará o Sábado com Lazer, com uma programação diversificada para toda a família. Como foco na educação ambiental, serão oferecidas oficinas de arte para pais e filhos, atividades de recreação, música ao vivo e feirinha de artesanato. 

Entre as oficinas está a de produção de ecobag, em que os participantes aprenderão a customizar bolsas artesanais. Para a criançada, os instrutores ensinarão a confeccionar pipa e chaveiro de boneca. O evento será realizado das 8h30 às 12h. 

O Parque está localizado na Avenida dos Portugueses, em frente ao Hospital da Mulher.

A hotelaria de São Luís agradece

A hotelaria de São Luís começa a ter novas perspectivas para o setor. O período de 27 a 29 de agosto registrará lotação máxima em alguns hotéis da cidade. Mesmo em tempos de crise, onde o turismo sofre com os efeitos, os números da capital maranhense fogem da tendência. 

As taxas de ocupação da hotelaria já começam a apresentar um crescimento, mesmo que tímido, se comparado com os anos anteriores. De acordo com a ABIH-MA, o ocupação dos hotéis, em junho alcançou 51%, quando em 2014, 47% dos apartamentos foram ocupados. Já no mês de julho, a ocupação foi de 57%. No mesmo período do ano anterior, foi de 56%. 

Quem estiver na cidade neste período de lotação máxima poderá participar do 'Mais Cultura e Turismo', que terá seu encerramento no sábado, 29. Shows de Divinas Folioas, Flávia Bittencourt e Luiz Melodia farão a alegria dos presentes.

"Agora sim o turismo de São Luís tem uma nova ótica, pois vamos vender o que o mercado busca e não o que achamos que devemos vender. Não podemos ir contra números. Acredito que  estamos no caminho certo", disse o presidente da ABIH-MA (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis),  João Antonio Barros Filho.

Rota das Emoções terá novo plano de ação



Os secretários de Turismo do Maranhão, Ceará e Piauí, estados que envolvem a Rota das Emoções, estiveram reunidos na manhã do dia 27.08 em Fortaleza (CE). No encontro, os dirigentes acertaram que o circuito terá um novo plano de ação para os próximos três anos. “Este momento marca um período de fortalecimento da Rota, já que os três Estados estão unidos com o mesmo foco, que é garantir o desenvolvimento da região”, destacou a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade. 

Para a secretária, é necessário priorizar as ações de promoção e divulgação, garantindo assim, a consolidação da Rota no mercado nacional e internacional. Já o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, ressaltou que este novo plano deverá abranger iniciativas concretas e objetivas. “Precisamos garantir resultados em curto e médio prazo, que irão alavancar a economia dos municípios envolvidos”.

Durante a reunião, que também contou com a participação do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) dos três estados e representantes dos 14 municípios envolvidos com a Rota das Emoções, o secretário de Turismo do Piauí, Flávio Nogueira, ponderou que as ações estruturantes deverão ficar a cargo dos estados.  

A apresentação do plano acontecerá no dia 17 de setembro em São Luís (MA), onde serão dados os devidos encaminhamentos para o início das ações, realizadas com o aporte financeiro dos Estados e do Sebrae. “Investimentos conjuntos promoverão o desenvolvimento do roteiro, que contempla diversos municípios turísticos, muitos deles com baixo índice de desenvolvimento humano, ou seja, o turismo se apresenta como uma ferramenta crucial para a melhoria da qualidade de vida”, disse Delma Andrade. 

Rota das Emoções 

A Rota das Emoções envolve 14 municípios do Maranhão, Piauí e Ceará. É reconhecido pelo Ministério do Turismo como um dos melhores roteiros do Brasil. No Maranhão, a rota integra os municípios de Barreirinhas, Paulino Neves, Araioses, Tutóia e Santo Amaro. No Piauí, envolve os municípios de Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Prata e, no Ceará, Barroquinha, Camocim, Chaval, Cruz e Jijoca de Jericoacoara.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Governo do Estado assina termo de cooperação técnica para o incremento do turismo em Santo Amaro do Maranhão


A secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade, esteve reunida nesta terça-feira (25), com representantes do município de Santo Amaro do Maranhão. O objetivo do encontro foi definir estratégias da regulação do fluxo de turistas na região e realizar a assinatura do termo de cooperação técnica entre Secretaria de Turismo do Estado e Prefeitura de Santo Amaro do Maranhão para definir as estratégias para o fomento e promoção do turismo na região.

Para a Secretária Delma Andrade, o diálogo com os municípios resulta em ações de promoção mais exitosas. “Ouvir o que cada município tem a dizer é importante para tomarmos as decisões corretas com relação ao que deve ser feito para cada região. Santo Amaro ainda tem um grande potencial a ser trabalhado. Manter esses diálogos com secretarias municipais e empresários do setor nos deixa cientes da necessidade real da localidade”.

Para a prefeita de Santo Amaro, Luziane Lisboa, é essencial saber que o município pode contar com o Governo do Estado. “Estamos aqui para ouvir e sermos ouvidos. Somos aliados desta gestão para a construção de um roteiro turístico consolidado em Santo Amaro. Sabemos que a equipe da Secretaria de Turismo vai nos apoiar em todas as ações que proporcionem a visibilidade e preservação de nosso destino”.

O secretário municipal de Turismo, Jorge Augusto Santos, afirmou que já é possível sentir os efeitos da promoção do destino feitos em parceria com o Governo do Estado. “As belezas de Santo Amaro ganharam destaque nacional durante a veiculação de reportagens feitas pela Rede Record e visita de jornalistas de algumas revistas de circulação nacional e internacional, numa articulação da Secretaria Estadual do Turismo, e já sentimos a diferença. No último feriado, a cidade estava lotada de turistas vindos de todas as partes do Brasil”.

Ainda segundo a secretária de Turismo do Maranhão, esta é a fase onde mais se deve fazer um trabalho de conscientização ambiental de todos os guias e donos de pousada da cidade. “A educação ambiental e cuidados com o parque devem ser preocupação de todos. Receber turistas é muito bom, mas a necessidade de uma fiscalização da entrada no parque Nacional dos Lençóis Maranhenses por Santo Amaro precisa ser regulamentada”.

“Estive reunida, no início da semana, com representantes do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão ambiental do governo brasileiro responsável pela operações de fiscalização de todo o Parque, para definir parcerias no sentindo de intensificar a fiscalização e segurança do parque. Essa iniciativa garante que as belezas dos Lençóis Maranhenses sejam preservadas durante muitos anos”, acrescentou a secretária.

Ainda durante a reunião, que também contou com a participação do secretário adjunto de Relações com o Mercado da Secretaria Estadual do Turismo, Marcus Vinicius Campos; da secretária adjunta de relações institucionais, Glória Pinto e de representantes do trade de Santo Amaro, foi tratada a retomada das obras da estrada, de responsabilidade do Governo do estado, que ligará o povoado Sangue ao município de Santo Amaro do Maranhão e a que ligará Santo Amaro a Primeira Cruz.

Segundo a gestora, a obra da estrada é uma prioridade para a retomada da formatação da Rota das Emoções. “O Governador Flávio Dino afirmou, esta semana, que a retomada das obras da estrada acontecerá ainda este ano. Medida, que aliada a construção da estrada que liga o município de Barreirinhas à Paulino Neves, vai ajudar no desenvolvimento do potencial turístico da região e auxiliar na retomada da Rota das Emoções,  que liga o município de Barreirinhas, no Maranhão, ao Delta do Parnaíba, no Piauí, e ao município de Jericoacoara, no Ceará”.

Cooperação Técnica
O acordo assinado pela secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade e a prefeita de Santo Amaro do Maranhão, Luziane Lisboa, visa favorecer o incremento do desenvolvimento da atividade turística na região, estabelecendo o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva, a promoção do destino e a formatação do projeto de sinalização turística do município.

Prontec
Durante a reunião, a secretária adjunta de relações institucionais, Glória Pinto, anunciou que o Santo Amaro foi escolhido para receber os cursos de espanhol básico, camareira e recepcionista do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC Turismo). 

Estratégia do segmento ‘Sol & Praia’ para desenvolver o turismo de São Luís


As perspectivas do turismo como vetor de desenvolvimento econômico de São Luís foi tema do painel que a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade, participou na manhã de hoje (26), na Câmara Municipal de São Luís (MA). “Foi uma oportunidade para reforçar aos vereadores e convidados a importância do segmento Sol & Praia para o desenvolvimento turístico da capital do Maranhão”, comentou a secretária.

A sessão de autoria do vereador Ivaldo Rodrigues teve o objetivo de discutir as possibilidades para o turismo em São Luís. “O início das obras que garantirão a balneabilidade das praias da capital, no último domingo (23), pelo Governo do Maranhão por meio da Caema, abrem novas possibilidades para o turismo da cidade. Será uma oportunidade de reforçar o segmento que mais movimenta o turismo no mundo”, planejou Delma.

Cerca de 65% dos turistas de todo o mundo buscam destinos de “Sol & Praia” em função de climas tropicais. De acordo com pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo, a principal motivação dos turistas brasileiros e estrangeiros que buscam o Brasil, por motivo de Lazer, é o segmento de “Sol & Praia”. “Mais de 65% com esta motivação, seguido por Ecoturismo & Aventura (19%) e Cultura (11%).

Já de acordo com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), paisagens, facilidade de acesso, frequência, limpeza das praias e qualidade das águas são os principais fatores para a escolha da praia. “Após a balneabilidade garantida, com todos outros diferenciais, a costa de São Luís tem total condição de contribuir para que os números do turismo da capital sejam revertidos”, reforçou Delma Andrade.

Entre os potenciais destacados pela secretária estão a combinação de água, sol e calor na maior parte do ano, a extensão litorânea, a variação da maré, os ventos que favorecem a prática de esportes, além da gastronomia diversa e do rico artesanato.

Durante a apresentação, a gestora da pasta do turismo ressaltou as perspectivas para o desenvolvimento. “É necessário fortalecer a imagem de São Luís como destino propício para Sol & Praia, desenvolver a cultura de praia entre os moradores, diversificar a gastronomia”. Ainda de acordo com ela, o desenvolvimento também passa pela requalificação dos equipamentos hoteleiros, a implantação de sinalização interpretativa e pelo desenvolvimento da economia da praia. 

Prefeitura de São Luís apresenta ações para fomentar o Turismo

O turismo de São Luís esteve em debate nesta quarta-feira (26) na Câmara Municipal de São Luís. A prefeitura da capital expôs suas ações na área para o desenvolvimento da economia ludovicense na Audiência Pública "As perspectivas do Turismo como vetor de desenvolvimento Econômico", proposta pelo vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), vice-líder do governo. O Executivo Municipal apresentou suas ações em parceria com o governo do Estado para potencializar a economia principalmente, o Centro Histórico, principal ponto turístico da cidade.

O secretário municipal de Governo Lula Fylho, que foi secretário de Turismo até novembro do ano passado, destacou a dinâmica da pasta na gestão do prefeito Edivaldo. "Desde o primeiro momento a secretaria tinha foco em fazer uma análise para saber o cenário que estávamos inseridos no Turismo. Em todas as 12 pesquisas que fizemos, vimos que as pessoas vinham a São Luís por causa do Patrimônio Histórico em primeiro lugar, em segundo, pelas praias e em terceiro pela gastronomia. Um fator chamou nossa atenção. A maioria, principalmente estrangeiros, procurava São Luís para ter como destino os Lençóis maranhenses. Então, aproximamos com Barreirinhas para que São Luís não servisse apenas de aeroporto, mas um Plus na viagem e ampliar o número de dias dos turistas aqui".

O secretário disse que, com base nas informações técnicas, grande parte dos turistas são do interior do estado, e aproveitam o turismo da região metropolitana como um todo. Assim, ampliou a oferta em parceria com as outras cidades da Ilha, aumentando o número de dias de estadia pelo turismo religioso em São José de Ribamar, Aquaviário na Raposa e ecoturismo em Paço do Lumiar. "Os resultados no turismo são a médio e longo prazo. Sabemos que precisa ser feito muita coisa, mas a parceria com o governo do Estado é muito importante para que sacramente o resultado. Grandes centros como Salvador e Fortaleza estão em queda pela crise econômica. Aqui tivemos queda em cadeias produtivas do Turismo, mas a tendência é melhora. Tem que continuar o trabalho e entender a importância da preservação do Patrimônio Histórico para alavancar o turismo na cidade", analisou.

Ele destacou também a parceria com o governo do Estado e a fundamental medida do governo de reduzir o ICMS do combustível da aviação tornando São Luís mais competitiva. "Tenho certeza que São Luís está no caminho certo do turismo. São Luís tinha o maior ICMS de combustível da aviação do Brasil. Maior do que grandes destinos. A lei que regula o mercado do turismo é a mesma de outras áreas: a oferta e a procura".

A assessora técnica Aline Vasconcelos, que representou a secretária municipal de Turismo, Socorro Vasconcelos, reforçou as ações técnicas para aprimorar as atrações específicas de São Luís e a tornar ainda mais atraente para o turista. "A secretaria tem muitos desafios e estão sendo superados. A sinalização turística da cidade foi capitalizada junto ao Ministério do Turismo. O recurso já foi licitado e está em execução. Conseguimos a promoção internacional junto à Embratur, levando o Trade para rodada de negócios. São Luís tem atrativos únicos. É o maior conjunto de casarões da América Latina foi fundada pelos franceses. Temos que trabalhar São Luís como um destino único. O nosso maior produto é o Centro Histórico e a Cultura", pontuou.

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), afirmou que a discussão é importante para tirar lições e aprimoramentos do Turismo, que na sua visão é um ramo importantíssimo para a economia não só de São Luís, mas de todo o estado, a partir da capital. Por isso, a importância de trazer o governo do estado para a discussão em ações articuladas é tão significativo. "Nosso foco é o turismo como fator de desenvolvimento que gera emprego e renda para a nossa população. E falar em turismo, envolve investimento em mobilidade urbana, em urbanismo. As parcerias que estão acontecendo são fundamentais. A ação de despoluição dos rios que desembocam nas praias ajuda muito para que os turistas sejam atraídos também pela nossa orla".

A secretária estadual de Turismo, Delma Andrade, falou sobre o investimento no segmento sol e praia e pontuou a importância estratégica da capital no turismo do Estado. "São Luís é o polo prioritário do desenvolvimento turístico do Maranhão. Aqui temos as atividades recreativas, a visitação do Centro Histórico, ecoturismo e a cadeia produtiva do segmento praia".

Estiveram presentes o secretário municipal de Governo, Lula Fylho, o subprefeito do Centro Histórico, Fábio Henrique Carvalho, a secretária estadual de Turismo, Delma Andrade, e a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Kátia Bogéa. A secretária municipal de Turismo, Socorro Araújo, está em missão da pasta na cidade de Belém-PA. A assessora técnica da secretaria municipal de Turismo, Aline Vasconcelos, a representou no evento.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Serenata Histórica volta às ruas do Centro Histórico de São Luís

Serenata Histórica volta às ruas do Centro Histórico de São Luís em uma edição especial no próximo dia 26 de agosto

Uma caminhada pelas ruas do centro de São Luís pode se transformar em uma viagem histórica. A experiência torna-se ainda mais inesquecível se for regida pela boa música, uma história memorável e a belíssima poesia da Serenata Histórica. O projeto, desenvolvido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur), retorna em uma edição especial no próximo dia 26 de agosto. Os interessados podem acompanhar o passeio que sai da praça Benedito Leito, centro, a partir das 19h.

O estilo de apresentação proporciona um cenário real. A serenata percorre ruas e casarões do Centro Histórico de São Luís, datados do século XVIII. Outra peculiaridade é que o público fica muito próximo dos personagens que encenam histórias reais de antigos moradores da capital maranhense que marcaram época, entre eles estão Ana Jansen, Baronesa de Grajaú, Daniel de La Touche, Catarina.

"O projeto integra as estratégias de fortalecimento da atividade turística e também da divulgação da história da cidade, além da valorização do centro histórico de nossa cidade, uma das prioridades do prefeito Edivaldo", explicou a titular da Setur, Socorro Araújo. Para quem participa da serenata; a experiência é única e encanta, pois, utiliza o lúdico através da música, teatro e guia turístico para seduzir a comunidade local e os visitantes.

ATRAÇÃO TURÍSTICA

A Serenata Histórica esteve presente como um dos atrativos das férias, em julho. O projeto teve uma receptividade satisfatória e retorna nessa semana para apresentar ao público estrangeiro um pouco da história de São Luís. Vale ressaltar que a capital maranhense recebe inúmeros visitantes oriundos de outros países, em agosto, quando é férias na Europa. Para o mês de setembro, a Setur organiza uma programação intensa tanto para o visitante quanto para o morador que optarem em passar o feriadão da Independência do Brasil e do aniversário da cidade.

Grandes shows encerram o Mais Cultura e Turismo na praça Nauro Machado

O projeto Mais Cultura e Turismo se despede esse final de semana com shows memoráveis na praça Nauro Machado, centro histórico de São Luís.  Na quinta-feira, 27 de agosto, as atrações ficam por conta do cantor maranhense Roberto Ricci e dos bois da Madre Deus e de Morros. No sábado, encerramento do projeto, a animação fica por conta de Luiz Melodia, Flávia Bittencourt e as Divinas Folias, também na Nauro Machado.

Um projeto desenvolvido pelo governo do Estado do Maranhão, por meio das secretarias de Cultura e Turismo, que valorizou e resgatou a cultura maranhense, revitalizou o centro histórico, incentivou a economia local por meio da comercialização de produtos artesanais e feiras gastronômicas, além de incentivar a ocupação de espaços públicos como as praças, em São Luís e Barreirinhas, e o Espigão Costeiro.  As metas do projeto integram as diretrizes do governo Flávio Dino, que é a valorização da cultura e identidade maranhense.  “Por meio do reconhecimento e incentivo à cultura do Maranhão, que é um atrativo turístico, é possível priorizar a geração de oportunidades e apoio ao empreendedorismo e consequentemente o desenvolvimento econômico e social da região”, enfatizou Delma Andrade, secretária de Turismo do Maranhão.

O Mais Cultura e Turrismo atuou como uma vitrine para apresentação e valorização de excelentes cantores e bandas maranhenses. “A diversidade cultural do Maranhão é intensa, e quanto mais incentivo e profissionalização para se desenvolver, as oportunidades se concretizam e o projeto contemplou essa demanda de resgatar e apresentar grandes nomes da cultura maranhense para o público local e turistas”, disse a Delma Andrade. Ao longo do projeto, com duração de dois meses, mais de 60 shows de cantores da terra passarão pelos palcos.

O vocalista da banda Filhos de Jah, Fabinho de Jah, o momento é único para a cultura maranhense. “É o nosso trabalho sendo reconhecido e incentivado pelo “Mais Cultura e Turismo” e acima de tudo a oportunidade que temos de apresentar música própria e conhecidas para o público maranhense e visitantes”, disse.  O cantor Celso Reis, que também se apresentou no projeto complementou reforçando que a atividade proporciona um intercâmbio com o visitante que conhece a produção musical maranhense de primeiríssima qualidade. “É preciso resgatar a nossa cultura e a autoestima do maranhense, é preciso apresentar a riqueza cultural maranhense ao Brasil e o projeto funciona com um cartão de visita da nossa cultura”, afirmou.

Resultados positivos também a economia que envolve os empreendedores do artesanato e da culinária maranhenses. No decorrer do Mais Cultura e Turismo foram organizadas feirinhas que beneficiaram cerca de 50 comerciantes desses setores. De acordo com o superintendente do CEPRAMA, Marcelo Medeiros, aproximadamente 50 profissionais da arte fizeram parte do rodízio nos estandes da feirinha na ponta D´areia. “Para cada final de semana, contemplamos produtos que se destacaram pelo tipo, qualidade, diversidade e ligação com a cultura maranhense com fins de que tanto o morador ou o visitante tivessem acesso ao artesanato maranhense”, explicou.   

Da apreciação de produtos diferenciados a degustação da culinária maranhense.  Nas áreas próximas ao palco do Mais Cultura, Mais Turismo, além da exposição do artesanato uma feira gastronômica apresentava outro forte atrativo maranhense; pratos típicos (peixe frito, arroz de cuxá e de camarão, tortas de camarão e caranguejo), salgados com recheios de frutos do mar e doces de espécie, tradicionalíssimo da histórica Alcântara, distante 22 km de São Luís.

Gestão eficiente voltada para as boas práticas ambientais no hospital universitário

Há algum tempo o Hospital Presidente Dutra funciona como um complexo universitário. A diversidade profissional que integra a equipe, composta com mais de três mil colaboradores, proporciona atendimento especializado e de alta complexidade aos pacientes, e garante as boas práticas de gestão que incluem o comprometimento com a preservação ambiental.

Atualmente, o hospital é referência para tratamento de algumas especializadas como a nefrologia entre outras patologias que requerem atendimento mais direcionado. O diferencial do Dutra é que como o próprio nome sugere, é um hospital universitário voltado para a formação de mão de obra qualificada para o Sistema Único de Saúde. A eficiência na gestão e a qualificação do corpo médico levaram o Dutra a números nunca antes alcançados; mensalmente são consultadas cerca de 22 mil pessoas e internadas 1.200 pacientes, cerca de 400 residentes aperfeiçoam o aprendizado no Dutra.

Para a superintendente do Dutra, a enfermeira Joice Santos Lage, “formamos pessoas assistindo pessoas”. Um desafio que busca constantemente a melhoria dos processos administrativos por meio da atuação de uma gestão multidisciplinar norteado pelos procedimentos de qualidade e as boas práticas ambientais contidos nos Planos Diretor Estratégico e Diretor de Investimento. “O primeiro direciona para as metas como por exemplo transformar o complexo do Hospital Universitário que é o Dutra, a Maternidade e seus nove prédios em uma cidade universitária e o segundo aponta quais os recursos que utilizaremos para alcançar o objetivo”, explicou a superintendente. 

Comprometimento social e ambiental 
As boas práticas ambientais do Hospital Universitário começam com uma equipe multidisciplinar; além dos profissionais de saúde; engenheiros, químicos, comunicólogos, analista de sistemas, equipe administrativa entre outros. Na Diretoria Administrativa
as oportunidades de valorização da verba pública são identificadas e implementadas. De acordo com a superintendente nos últimos anos a gestão detectou e realizou as seguintes melhorias:

• Racionalidade da água por meio de campanhas internas e troca de equipamentos por outros mais eficientes que combatem vazamentos;
• Troca de aparelhos de todos os aparelhos de refrigeração por mais novos que consumem menos energia;
• Equipes de engenheiro elétrico que realizam permanentes estudam para detectar melhores opções de consumo de energia, como o estudo para a troca de todas as lâmpadas por de Led ou se é melhor a utilização de gerador de energia do próprio hospital ou a utilização da energia da fornecedora de luz;
• Aplicação do plano de contingência para manutenção dos valores de todos os contratos fechados ano passado mediante a crise que se instalou no país;
• Na área de imagem foi trocado todo parque de impressão. Os equipamentos, hoje todos são digitais,
são mais eficientes, econômicos e menos poluentes ao meio ambiente. As impressões são realizadas em papel com utilização do toner e não mais em película que continha material como o mercúrio.

Segregação de Resíduos
No Dutra programas de segregação de resíduos foram implantados e existe uma solicitação junto ao
Ministério do Meio Ambiente para construção de uma estação de tratamento de esgoto. “Temos uma
preocupação especial com os efluentes por estarem em área de mangue”, informou a superintendente.

O tratamento destinado ao resíduo sólido foi traçado pelo Plano de Resíduo que informa como é feito a segregação do resíduo sólido contaminado e comum, o transporte e qual o destino. O serviço foi terceirizado e semestralmente uma equipe do Dutra com profissionais especializados visita as instalação da empresa contratada para checar a correta destinação do material encaminhado; um deles a incineração.

Outra medida de preservação ambiental foi a retirada do setor de lavanderia do hospital para evitar acúmulo e utilização de água excessiva em área próxima a manguezal. Esse serviço também foi terceirizado. “O hospital aboliu de seu consumo qualquer produto que é danoso ao meio ambiente”, enfatizou Joice.

Descarte de equipamentos e materiais
Como boa prática de preservação ambiental e atendendo a regulamentação federal, o Dutra destina o lixo do grupo E (papel, plástico, vidro e papelão) à Associação de Recicladores do Maranhão. Outra ação direcionada à racionalidade dos recursos é o cuidado destinado aos equipamentos do hospital. 

Todos têm um prontuário que permite identificar o estado, o local onde se encontra e o destino, no caso daqueles que são disponibilizados para a rede pública de saúde. Como foi o caso recentemente das camas do Dutra que foram trocadas por elétricas e as antigas disponibilizadas para o Socorrão e Hospital da Criança. “É importante imprimirmos na gestão princípios como a transparência, a racionalidade dos recursos públicos, a eficiência para que o paciente saia daqui satisfeito”, finalizou Joice.

Turismo do Maranhão abre inscrições para empresas do setor participarem da Fecoimp

A Secretaria de Turismo do Maranhão está com inscrições abertas para a participação gratuita de co-expositores no ‘Espaço Turismo’ da Fecoimp (Feira de Comércio e Indústria de Imperatriz), que acontece entre os dias 16 a 19 de setembro, em Imperatriz (MA). “Será uma oportunidade de integração e fomento do turismo no Estado do Maranhão”, disse a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade.

“O foco do espaço é a criação de uma área institucional, aberta para as entidades de turismo, e outra comercial, direcionada às empresas de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Alcântara; Lençóis Maranhenses e Delta das Américas; e Chapada das Mesas, que representarão suas respectivas regiões”, explicou a secretária.

As vagas são limitadas e as empresas interessadas deverão confirmar presença até o dia 31 de agosto. Os custos de viagem como deslocamento, hospedagem e alimentação ficarão a cargo de cada participante. As inscrições deverão ser feitas com Cristiane Muller, por meio do endereço: cristiane.muller@turismo.ma.gov.br.

O tema ‘Turismo’ será destaque na Fecoimp 2015. “A inserção do tema na Fecoimp demonstra esta valorização e o novo entendimento da administração estadual e garantirá que os destinos turísticos sejam apresentados para os maranhenses e para os visitantes de outros estados”, comentou a secretária.

Além do espaço para promoção dos polos, o estande da Secretaria de Turismo vai oferecer palestras, workshops e minicursos para o trade e investidores locais, apresentações culturais, degustação de comidas típicas e exposição de material promocional.

15 anos de Fecoimp

Considerada uma vitrine para lançamentos e apresentação das tendências do mercado, o evento é realizado anualmente desde 2001. Completando 15 anos de existência este ano, a Fecoimp soma mais de 600 mil visitantes e 1.300 expositores de diversos locais do país. Este ano a feira acontecerá de 16 a 19 de setembro no Centro de Convenções e tem expectativa para receber mais de 40 mil pessoas.

Municípios do MA são agrupados conforme tamanho da economia turística

A proposta de reuni-los em categorias facilita a criação de políticas públicas e acrescenta critérios objetivos para investir no setor

O Ministério do Turismo (MTur) adotou uma nova metodologia para categorizar os municípios brasileiros. A partir de quatro variáveis de desempenho econômico: número de empregos, de estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativas de fluxo de turistas domésticos e internacionais, os 3.345 municípios do Mapa do Turismo Brasileiro foram agrupados em cinco categorias, de A até E.

São Luis (MA), assim como todas as capitais brasileiras, pertence a categoria A, que concentra os municípios com maior fluxo turístico e maior número de empregos e de estabelecimentos no setor de hospedagem. Na categoria B está Imperatriz, pertencente ao Polo Chapada das Mesas, e na C foram inseridas nove localidades maranhense, incluindo Barreirinhas, Balsas, Estreito e Caxias. Outras 57 cidades estão distribuídas nos grupos D (44) e E (13).

A categorização, como é chamada, atende à necessidade do MTur de aprimorar os critérios para definir políticas públicas para o setor e criar um instrumento capaz de subsidiar, de forma objetiva, a tomada de decisões de acordo com o tamanho da economia do turismo de cada localidade.

“A ferramenta oferece elementos para aprimorar a gestão do turismo; ajuda a otimizar a distribuição de recursos e promover o desenvolvimento do setor. A intenção não é hierarquizar os municípios, mas sim agrupá-los de forma que possamos traçar parâmetros para atendimento a diferentes necessidades”, disse o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves. A categorização contempla as 303 regiões turísticas inseridas no Mapa do Turismo Brasileiro. Alves lembra ainda que o fato de um município ser categorizado em D ou E não significa que ele receberá menos apoio que um município categorizado como A ou B.

A categoria A, que representa os municípios com maior fluxo turístico e maior número de empregos e estabelecimentos no setor de hospedagem, tem 51 municípios, incluindo as 27 capitais brasileiras. Este agrupamento concentra destinos turísticos tradicionais de nove estados brasileiros como Porto Seguro (BA), Ipojuca (Porto de Galinhas/PE), Armação de Búzios (RJ), Campos do Jordão (SP), Guarapari (ES), Balneário Camboriú (SC), Foz do Iguaçu (PR), Gramado (RS) e Caldas Novas (GO). O grupo responde por 47% da estimativa de fluxo turístico doméstico do Brasil e 82% do internacional.

O grupo B tem 167 municípios, o equivalente a 5% das cidades categorizadas pelo Ministério do Turismo. São destinos turísticos de 20 estados, com participação expressiva de localidades das regiões Sudeste, Nordeste e Sul.  Juntos os grupos A e B, representados por 218 municípios, respondem por 68% do fluxo doméstico brasileiro e 97% do internacional. Já o grupo C, com 504 municípios, representa 15% do total avaliado. O maior número de cidades do Mapa do Turismo, 2.623, ou 78% do conjunto avaliado concentram-se nos grupos D e E, com economias do turismo incipientes. A ideia é que, conhecidas as características de cada grupo de municípios, torna-se mais fácil proporcionar apoios adequados a cada um deles.

O processo de categorização, uma estratégia do Programa de Regionalização do Turismo do MTur, teve sua metodologia avaliada pelas secretarias estaduais e municipais de turismo e foi reconhecida em diversas instâncias do poder público. A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado a classificou como “essencial” para o aperfeiçoamento da política de Estruturação dos Destinos Turísticos. A Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU) expressou sua aprovação à ferramenta, desenvolvida por técnicos do Ministério do Turismo.

O Mapa do Turismo Brasileiro - É o instrumento que orienta a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento das políticas públicas do turismo e define a área - o recorte territorial - que deve ser trabalhada prioritariamente. O mapa é atualizado periodicamente e sua última versão, de 2013, conta com 3.345 municípios, divididos em 303 regiões turísticas.

Prefeitura realiza Seminário sobre Arborização de São Luís

O I Seminário de construção do Plano Municipal de Arborização da capital será realizado nesta quinta-feira (27). O evento, realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto da Paisagem Urbana (IMPUR), ocorrerá, das 8h às 12h, no auditório da UemaNet.

De acordo com o presidente do IMPUR, Luiz Borralho, a construção do Plano Municipal de Arborização tem como base o diagnóstico da arborização urbana do município para o entendimento da realidade das espécies arbóreas existentes na capital. E, a partir do plano, propor medidas necessárias para melhoria da arborização urbana.

"O Plano está em fase de construção. Para tanto é necessária a contribuição da sociedade em geral, sobretudo, profissionais e acadêmicos de áreas afins para que se contemple de fato a necessidade paisagística de nossa capital com planejamento real para os próximos anos", detalhou o presidente do Impur.

Na programação estão previstos debates, apresentação de projetos e visita guiada a Fazenda Escola do campus universitário da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) para acompanhamento de espécies cultivadas no local. O presidente do IMPUR, Luiz Borralho vai apresentar a macro política paisagística da capital, o Programa São Luís Cidade Jardim.

O Programa São Luís Cidade Jardim, que tem oito eixos de atuação, desenvolve diversas ações, como a implantação de portais nas entradas e saídas da cidade, auxilia a criação de jardins ecológicos nas escolas e incentiva a jardinagem doméstica e em praças públicas com a criação dos Comitês Gestores das Praças. No total hoje somam 39, o número de comitês criados.

O São Luís Cidade Jardim também trabalha a valorização de terras ociosas urbanas e periurbanas, com planejamento, conservação e manutenção da paisagem nas praças, avenidas, parques, canteiros, entre outros espaços públicos abertos da cidade.

Governo prorroga inscrições do edital Seleção de Projetos Audiovisuais

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secma), prorrogou as inscrições do Edital de Seleção de Projetos Audiovisuais do Maranhão até o dia 2 de outubro. O incentivo foi desenvolvido a partir de parceria entre o Governo do Maranhão e a Agência Nacional de Cinema (Ancine). É o primeiro grande investimento no setor específico do audiovisual do Maranhão.

A prorrogação do prazo de inscrição do Edital ocorreu mediante diálogo com produtores de cinema do estado, que anseiam por mais esclarecimentos. Assim, será realizada uma oficina de elaboração de projetos com cineastas maranhenses, em data a ser divulgada.

“Com a prorrogação do prazo e a capacitação dos cineastas, vamos conseguir atrair ainda mais pessoas interessadas no edital, garantindo um aumento no número de projetos audiovisuais maranhenses”, esclareceu o secretário de Estado da Cultura, Felipe Camarão.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Secretaria de Turismo discute projeto de intercâmbio cultural entre Maranhão e Estados Unidos


O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Turismo, iniciou nesta sexta-feira (21), durante reunião com representantes do projeto “Criole Connections”, a parceria que busca promover um intercâmbio sócio cultural e econômico entre o Maranhão e os Estados Unidos, tendo como base a cultura indígena e africana, já existente nas duas regiões.

Para a Secretária Estadual de Turismo, Delma Andrade, promover essa interação, por meio da música, é um incentivo para que mais crianças maranhenses se interessem pela cultura de nosso estado. “Sabemos que a música é uma linguagem universal. Além de contribuir para a educação musical dos maranhenses, o projeto auxilia no desenvolvimento e responsabilidade social dessas crianças”.

Para Darrell Lavigne, pianista, compositor e idealizador do Projeto, além das lições musicais, a troca de experiências entre os dois povos é parte importante do projeto. “Nós ajudamos a incentivar essas crianças, que muitas vezes não teriam a chance de ter contato com instrumentos musicais, mas ao mesmo tempo, elas nos ensinam sobre as tendências da música local”.

O Projeto, que ainda está em fase de formatação e ampliação, vem sendo desenvolvido desde 2013 no Brasil. Sempre buscando o incentivo e o desenvolvimento das potencialidades artísticas e culturais existentes nos dois países, a partir da difusão do aprendizado da música, oferecendo meios para que crianças e jovens conheçam mais sobre a cultura local e internacional e criando oportunidades para que a arte maranhense seja conhecida fora do Brasil.

Ainda segundo a gestora do turismo, a Secretaria de Turismo vai buscar meios para o que o projeto possa ser implantando no Estado. “Vamos buscar parcerias para garantir que nossos jovens consigam ser capacitados para dar continuidade às manifestações culturais de nosso Maranhão, mas que também tenham conhecimento das tendências musicais que vem dos outros países”, finalizou.

Mulheres maranhenses fortalecem cultura do estado

Em mais uma apresentação do ‘Mais Cultura e Turismo’, o destaque vai para a valorização de mulheres atuantes nas manifestações culturais e que ajudam a consolidar a diversidade de ritmos do Maranhão. Foi o que o público apreciou ontem (21), com as apresentações das Damas do Reggae e dos Bois União da Baixada e de Axixá. 

Para Célia Sampaio, integrante do grupo Damas do Reggae a participação no ‘Mais Cultura e Turismo’ fortalece um trabalho desenvolvido há dez anos em São Luís. “Por incrível que pareça na ‘Jamaica Brasileira’, um grupo de mulheres tocando e cantando reggae não é nada fácil! Mas participar de projetos como esse é ter esse reconhecimento de instituições, dos moradores e dos visitantes. É incentivador”, disse. 

Já para a coordenadora do boi de Axixá, Leila Naiva, a proposta de ter espaços além do São João para apresentar a brincadeira é importante, inclusive no aspecto econômico do grupo. “São grupos que se profissionalizaram, temos compromissos assumidos, e atividades como essa, fora do São João, impactam positivamente”, enfatizou. 

A próxima semana será de despedidas desta etapa do ‘Mais Cultura e Turismo’. As apresentações ficam por conta do cantor maranhense, Roberto Ricci e dos bois da Madre Deus e de Morros, no dia 27. Luiz Melodia, Flávia Bittencourt e as Divinas Folioas encerram o projeto, na Praça Nauro Machado, no Centro histórico de São Luís.

Com um percentual de quase 90% de programação apresentada, o “Mais Cultura e Turismo” entra na reta final. No entanto, mais que números, a satisfação do público e de artistas maranhenses foi satisfatória. Os moradores e visitantes lotaram o Espigão Costeiro, na ponta D´Areia, e o Centro Histórico de São Luís e a Praça do Trabalhador, em Barreirinhas.“O resgate e a valorização da cultura maranhense, e a experiência proporcionada aos turistas de conhecer a diversidade das manifestações populares do Maranhão são resultados da parceria entre as Secretarias de Estado de Cultura e o Turismo, coordenadores do projeto”, ressaltou a secretária de Turismo, Delma Andrade. 

O projeto ‘Mais Cultura e Turismo’ é somente uma das ações de incentivo ao Turismo e Cultura no Estado. A capital maranhense se organiza para receber o Seminário das Cidades Patrimônio Histórico da Unesco. “Será outro momento importante para definir ações objetivas para continuar a revitalização do centro histórico de São Luís e consolidar o Maranhão como destino turístico cultural”, finalizou Delma.

Governo do Maranhão garante balneabilidade das praias de São Luís

Presidente da ABIH-MA, João Barros; a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade; o secretário de Governo de São Luis, Lula Fylho; e o presidente da Caema, Davi Telles.
O último domingo (23) foi um marco para o turismo de São Luis (MA). O Governo do Maranhão iniciou obras que garantirão a balneabilidade das praias da cidade. Serão investidos mais de R$ 14 milhões nas obras desta etapa do programa “Mais Saneamento”, que terá um prazo de 12 meses. “Ao priorizar a meta de elevar o nível de tratamento de esgoto de São Luís, de 4% para 70% até o final de 2018, o Governo do Estado garante qualidade de vida, proteção ao meio ambiente e incentivo ao turismo no Maranhão”, explicou a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade. 

Dois importantes atrativos turísticos da capital maranhense passarão por intervenções, por meio da Caema (Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão). A Lagoa da Jansen terá, em 60 dias, 12 dos 27 pontos de esgoto eliminados. Será implantado um novo sistema de tubulação de mais de um quilometro de extensão. Os demais 15 serão eliminados até 2016. 

A outra obra consiste na despoluição dos corpos hídricos do Rio Pimenta e Claro, que irá garantir a balneabilidade das praias de São Luís. O projeto consiste na implantação de um novo sistema de tubulação com quatro quilômetros de extensão nas margens dos rios. Também será construída uma estação elevatória e rede de coleta de 30 mil metros na região. “Cuidar do saneamento é garantir que as pessoas tenham melhor qualidade de vida e a certeza de que o Meio Ambiente estará protegido. Isso tudo atrai turistas e são obras que geram emprego e renda”, disse o diretor da Caema, Davi Telles. 

De acordo com a secretária de Turismo, a despoluição das praias de São Luis e da Lagoa da Jansen é crucial para que São Luís seja novamente inserida do mercado turístico nacional e internacional. O turismo de Sol & Praia é a principal motivação dos brasileiros e dos estrangeiros que visitam o Brasil. “De acordo com o estudo de Demanda Turística Internacional, realizada pelo Ministério do Turismo, 46,5% dos turistas de outros países viajam para o Brasil por motivo de Lazer. Desses, 66% buscam Sol & Praia. Em segundo está o segmento de Ecoturismo e Aventura (19%) e em terceiro, Cultura (11,5%)”, detalhou Delma Andrade.

O secretário de Governo de São Luis, Lula Fylho, reforçou a importância da ação para inserir a cidade na rota do segmento de Sol & Praia. “De acordo com pesquisas que realizamos no Município, o segmento ocupa o terceiro lugar na intenção de viagens. Esta medida garantirá que estejamos mais prontos ainda para receber visitantes que procuram o litoral. Além disso, a própria população ganha com mais uma opção de lazer. Governo e Prefeitura reafirmam novamente a parceria que possibilita a atração de mais turistas e investimentos para a cidade”, disse o secretário.

A expectativa, tanto do Governo do Estado como dos empresários do setor, é que a medida, aliada à ações de divulgação, insiram novamente a capital no imaginário dos turistas. Atualmente, os Lençóis Maranhenses lideram a busca dos que visitam o Estado, mesmo São Luis sendo o principal portão de entrada.

Para o presidente da ABIH-MA, João Barros, estas obras representam um marco não só para o turismo de São Luís, mas para o setor em todo o Estado. “Esta medida mostra que o turismo tem o apoio do Governo e que a partir da união com o trade, teremos uma nova realidade. Melhoria na infraestrutura é crucial para que o setor se desenvolva”. 

Litoral do Maranhão

O Maranhão possui cerca de 640 km de extensão, o que o torna o segundo maior litoral do Brasil. Tudo conspira para uma das melhores experiências de Sol & Praia que quem visita o Maranhão pode ter.

A ilha de São Luís oferece algumas das mais belas praias de nosso litoral, com larga faixa de areia, mangues, dunas, vegetação rasteira e orlas urbanizadas. São dezenas de opções de bares e quiosques que servem os mais variados pratos e bebidas. Águas tranquilas são propícias aos esportes náuticos como surfe, kitesurf, windsurf e vôos de ultraleve. 

Algumas das praias da ilha são:

Praia da Guia - Fica no lado oeste da ilha, tem larga faixa de areia, mangues, dunas e vegetação rasteira. Sua localização permite uma vista panorâmica da parte histórica de São Luís. Embora a Guia fique distante apenas 2,5 Km do centro da cidade, trata-se de uma praia deserta. 

Praia da Ponta D’Areia - Muito frequentada por ser distante do centro apenas 3,5 Km, e famosa pelos clubes de reggae instalados à beira-mar. Recentemente ganhou mais um atrativo. Além da água morna e do espaço para praticar esportes, o Espigão se tornou o ponto turístico mais indicado para a apreciação do pôr-do-sol.

Praia de São Marcos (Marcela) - Praia preferida pelos adeptos da prática de atividades físicas, oferece calçadão para caminhadas e corrida, pedalada e esportes náuticos como o kitesurf e o surfe. Situa-se na entrada da Baía do mesmo nome, a 5 Km do centro. Conta com diversos bares e com barracas padronizadas. 

Praia do Calhau - Praia tranquila, com ondas fracas, areia amarela e fina, dunas e pequenos morros. Presença de várias casas de veraneio, bons bares, restaurantes, sorveterias e hotéis. Fica a 9 Km do Centro. 

Praia do Caolho - Trecho entre a praia do Calhau e a do Olho dÁgua, conta com diversos bares, restaurantes, sorveterias e hotéis. O acesso é pela Av. Litorânea ou pela Av. Daniel de La Touche,a 7,5 Km do Centro. 

Praia do Olho D´Água - Praia tradicional e uma das mais bonitas de São Luís, situada a 10 Km do centro, possui faixa larga de areia branca e fina, ondas na primeira metade do ano, dunas que chegam a atingir mais de 10 metros de altura, morros e falésias. É bastante procurada para prática de pesca de molinete. Conta com diversos bares e restaurantes. 

Praia do Meio - Praia de areias amareladas e batidas, ondas fortes no verão, quando a água fica mais clara. Fica entre as praias do Olho dÁgua e do Araçagi (Município de Paço do Lumiar), a 18,5 Km do Centro. Possui iluminação na orla. Propícia para prática de windsurf e vôos de ultraleve.

Oportunidades de Negócios Turísticos entre São Luís e Belém

Rodada de negócios do trade turístico acontece dia 27 de agosto. Empresas interessadas podem participar, atividades acontecem a partir das 18h30min na FIEPA

A diversidade cultural da capital maranhense pediu licença e vai se instalar em terras paraenses. Diretamente de São Luís para Belém, representantes do trade turístico do Maranhão participarão da Rodada de Negócios, no dia 27 de agosto promovida pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur) com o apoio da Azul Linhas Aéreas, da Associações Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH), de Agências de Viagens (ABAV) no âmbito maranhense, pelas Federações da Indústria  dos Estado do Maranhão (FIEMA) e Pará (FIEPA), pelo Sindicato dos Hoteis, Bares, Restaurantes e Similares (Siama), e pelo restaurante Mar e Sol, de São José de Ribamar. O evento acontece a partir das 18h30min do dia 27 no restaurante da FIEPA.

No intuito de facilitar o acesso e contato de empresas de variados portes entre ambos os Estados e fortalecer os produtos do Turismo, como os pacotes de viagem,  a Rodada de Negócios foi planejada para reunir cerca de 70 empresários entre agências de viagens, operadoras e profissionais da imprensa de Belém.  “É uma oportunidade para identificar parcerias comerciais e aumentar as vendas, melhorar a carteira de fornecedores e trocar experiências”, enfatizou a Secretaria Municipal de Turismo, Socorro Araújo. A estratégia integra o plano de negócios da Setur que é proporcionar ambientes amplamente favoráveis para a propagação de parcerias entre empresas do trade turístico nacionais e estrangeiras na promoção do destino maranhense.

Captação intensa
Foi assim que aconteceu, no primeiro semestre na França, quando uma comitiva coordenada pela Setur esteve em Paris, para apresentar o potencial turístico maranhense a operadores, agentes de viagens e jornalistas franceses interessados em incluir São Luís nos grandes roteiros internacionais.
A exemplo da visita à capital francesa, em Belém serão apresentadas as atividades turísticas que promovam e exponham São Luís e cidades do entorno. Os atrativos são apresentados para que seja iniciada a comercialização dos pacotes turísticos com destino a São Luís. “Ações promocionais como essa visam à captação de turistas já para as férias e festas do final de ano e o carnaval”, enfatizou Socorro Araújo.  

Visitas às operadoras de Turismo de Belém também foram organizadas pela comitiva maranhense no intuito de dialogar e apresentar os atrativos turísticos da capital maranhense. No dia seguinte, já na nas rodadas serão distribuídos materiais promocionais sobre São Luís e abertas às negociações para que as empresas participantes encontrem o melhor cenário para fechamento de bons negócios.  A comitiva do Maranhão sorteará também duas passagens aéreas para São Luís entre o público alvo; agentes de viagens e operadores de Turismo.

Inscrições aberta para o Prêmio Sesc de Crônicas Rubem Braga

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Sesc de Crônicas Rubem Braga, uma iniciativa do Sesc no Distrito Federal. Os escritores podem enviar o material até o dia 30 de novembro. Cada participante pode inscrever até dois trabalhos inéditos e não publicados. O tema é de livre escolha. A premiação é em dinheiro para os três primeiros colocados.

Podem concorrer brasileiros maiores de 18 anos, residentes no território nacional, e brasileiros com idade entre 16 e 17 anos, residentes no território nacional, com autorização e assinatura dos pais ou responsáveis na ficha de inscrição e no termo de cessão de direitos autorais. A premiação do concurso para o primeiro classificado é R$ 2.000,00 (dois mil reais), R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais) para o segundo e R$ 1.000,00 (hum mil reais) para o terceiro classificado.

A coordenadora de Ações Culturais do Sesc-DF, Juliana Valadares, explica que os 15 melhores contos e crônicas serão reunidos para uma coletânea publicada pelo Sesc. “O objetivo dos prêmios é incentivar a produção literária e revelar novos talentos, além de ampliar o espaço do Sesc na área cultural. Já são mais de dez anos premiando e as coletâneas possibilitam que os escritores ganhem mais espaço no universo dos livros”, conta.

As inscrições devem ser efetuadas mediante a entrega do material produzido nas Unidades do Sesc ou por meio de postagem contendo o trabalho impresso e digital, a ficha de inscrição, o Termo de Cessão de Direitos Autorais assinado e cópia da Carteira de Identidade e CPF. O endereço para postagem é: Serviço Social do Comércio Administração Regional no Distrito Federal, Sesc Estação 504 Sul – Biblioteca, Av. W3 Sul, Quadra 504/505, Bloco “A” – Brasília/DF – CEP: 70331-570. O edital completo está disponível no www.sescdf.com.br.

Programação gratuita no Teatro Arthur Azevedo

O Teatro Arthur Azevedo, espaço vinculado à Secretaria Estadual de Cultura do Maranhão (Secma), irá realizar algumas apresentações com entradas francas ao longo desta semana. O objetivo é incentivar os cidadãos maranhenses à cultura e à arte, com a visita ao teatro mais antigo da capital, destinando assim algumas atividades para todos os tipos de público. 

Nesta quarta-feira (26) será realizada a comemoração dos 15 anos do ‘Projeto Rede Amiga da Criança’. Para celebrar o espetáculo musical, haverá apresentações de peças teatrais, dança e muita música a partir das 15h. 

Na quinta-feira (27) será a vez do ‘VII Lençóis Jazz Blues Festival’ que será destinado a “Casa do Caminho”, que atende crianças de comunidades carentes. O diferencial da apresentação, que começa às 20h, é a troca do leite em pó por ingressos na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo. 

Já na sexta-feira (28), a partir das 20h, haverá um show com música instrumental com a participação de alguns membros da Academia Jovem Concertante - Etapa Maranhão, executando clássicos da música erudita mundial e brasileira. 

A experiência em ver qualquer apresentação ou espetáculo no Teatro Arthur Azevedo, seja ela de forma paga ou gratuita, é simplesmente prazerosa, pelo simples fato de se ter contato com uma experiência em quatro dimensões em um ambiente magnífico. A entrada franca é uma saída para aqueles que querem ter contato com a arte e cultura sem pagar nada, e ter a certeza da qualidade do conteúdo.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Galeria Trapiche abre exposição Tropicálios nesta quinta-feira, 20

Tropicálios é o nome do personagem criado pelo designer Ribamar Matos Júnior, que, no trabalho como artista plástico, ganha o pseudônimo de Ribaxé. Nesta quinta-feira (20), o personagem, que tem a forma de algumas aves brasileiras de acordo com o olhar do espectador, ocupará em telas o espaço da Galeria Trapiche Santo Ângelo, equipamento cultural da Prefeitura de São Luís (Av. Vitorino Freire, s/nº, em frente ao Terminal da Praia Grande).

A vernissage terá início às 19h e a exposição ficará em cartaz até o dia 30 de agosto. Serão expostas 22 obras usando o papel como suporte para uma técnica de pintura que explora os grafismos como linguagem. A criação do personagem surgiu a partir de referências de infância do artista. “Foi a partir de um livro com imagens de pássaros em viveiros que tinha na infância que veio a ideia de criação do Tropicálios. O primeiro esboço eu fiz nove anos atrás. Desde então, ele virou uma referência para que eu desenvolvesse estudos na relação entre Arte e Design junto com a ideia de tropicalidade brasileira”, explicou Ribaxé.

Para alguns, Tropicálios pode parecer um galo. Para outros, um pássaro exótico da selva amazônica. A relação do olhar muda de acordo com as referências culturais do espectador. As obras fazem relação direta com o imaginário popular, o artesanato, a musicalidade e outros aspectos da cultura brasileira e suas identidades. “O personagem é retratado caracteristicamente tanto no sentido masculino como no feminino, com plumagens, arabescos, cores, texturas e detalhes que lembram a nossa fauna e flora, de maneira exagerada e com referências artísticas populares brasileiras e de estilos de arte antiga, moderna e contemporânea”, lembrou o expositor.

Tropicálios é a quinta exposição de Ribaxé, que já participou de outras exposições coletivas e individuais. Sobre o campo interdisciplinar entre Design e Artes Visuais, o artista explicou que seu trabalho se propõe também uma leitura estética no campo das artes gráficas.

A Galeria Trapiche continua cumprindo sua programação de acordo com cronograma, que já se encontra com agenda lotada até o final do ano. “Transformamos este equipamento cultural em território livre para a expressão dos artistas visuais do Maranhão”, declara Paulo Melo Sousa, diretor da Galeria Trapiche.

A exposição ficará aberta no período de 20 a 30 de agosto, na Galeria Trapiche Santo Ângelo, localizada na Avenida Vitorino Freire, s/nº, em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande (Centro Histórico). A entrada é gratuita.

Sobre o artista

José de Ribamar Matos Jr. (Ribaxé) é professor do IFMA, na área de Design há 18 anos, especialista em Ergonomia, Design Estratégico e doutorando em Educação, Humanidades e Artes pela Universidade Nacional de Rosário Central – Argentina. Trabalhou no curso de Artes Visuais e Design de Interiores do Pronatec/ Ifma - Campus Monte Castelo. Realizou quatro exposições artísticas, sendo duas coletivas e individuais, onde primeiro trabalhou o universo das obras do artista italiano Piero Fornasetti e agoras com o personagem Tropicálio.

GRUPOS DE BUMBA-MEU-BOI INVADEM O “MAIS CULTURA E TURISMO”

Brincantes do bumba-meu-boi animam o público da praça Nauro Machado no “Mais Cultura e Turismo” desta semana. A atração retorna ao Centro Histórico nesta quinta e sexta-feira, 20 e 21 de agosto, sempre a partir das 19h. O projeto é desenvolvido pelo Governo do Maranhão, por meio da parceria entre as secretarias de Turismo e Cultura. “O objetivo do programa, realizado desde julho, é valorizar a cultura maranhense e viabilizar a ocupação dos espaços públicos na cidade”, explicou a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade.

Na primeira atração da noite de quinta-feira (20), o Boi do Pindaré irá homenagear um dos “Amos” (cantores que puxam as músicas do bumba-meu-boi) mais importantes para a cultura maranhense, Mestre Coxinho. Ele eternizou uma das toadas mais bonitas do bumba-meu-boi, “Novilho Brasileiro”. A toada virou hino de São João e envolve a multidão quando narra com simplicidade a obrigação do “Amo” em “sair pra cantar bonito pro povo ver/salve grandes e pequenos esse é meu dever//São João mandou/ Que é pra mim fazer/ Que é de minha obrigação/Eu amostrar meu saber// Urrou, meu Novilho Brasileiro que a natureza criou”.

“O projeto apresenta, em um momento, os novos artistas, em outro, reverencia aqueles que ajudaram a consolidar as manifestações culturais do Maranhão”, enfatizou Delma Andrade. Na segunda apresentação da noite, um sotaque muito especial e que traz o nome da atração: o Boi Costa de Mão. Entre tantos ritmos e sotaques de bumba meu boi do Maranhão, um se destaque pela originalidade e pela exótica maneira de tocar seus pandeirões. Este é originário do município de Cururupu, no litoral norte maranhense. Pouco difundido fora de sua região de origem, merece atenção por suas particularidades, em especial pela beleza da indumentária e das melodias.

Encerrando a noite, o tradicional boi de Nina Rodrigues, que leva esse nome por ter surgido na  cidade de mesmo nome às margens dos Rios Munin e Iguará. O grupo, com aproximadamente 150 integrantes, foi pioneiro na introdução de novos instrumentos não utilizados até então em Bumba Boi de Orquestra, sem perder no entanto, suas raízes preservando suas características regionais. “Em uma única noite do ‘Mais Cultura e Turismo’, o encontro da diversidade de ritmos em um mesmo tipo de manifestação. Isso é a diversidade cultural maranhense que vale a pena ser vivenciada por todos”, convida a secretária Delma Andrade.

Na sexta-feira (21), o público terá oportunidade de assistir aos shows das Damas do Reggae e dos bois União da Baixada e de Morros. O encerramento do projeto está marcado para o dia 29 de agosto (sábado) no CEPRAMA com shows de Luiz Melodia, Papate e Divinas Folioas.

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Mostra de Artesanato cria oportunidades de negócio para artesãos do Maranhão


Até sexta-feira, 21 de agosto, o Parque Botânico Vale realiza uma mostra de produtos artesanais que está criando oportunidades de novos negócios para diversos artistas que fazem do artesanato uma fonte de renda. Ao longo do ano, o Parque Botânico promove diversos eventos de valorização da cultura local. Ao abrir espaço para exposições de artesanato, o Parque Botânico busca reconhecer o trabalho das pessoas que atuam nesse ramo, apresentando ao público peças feitas com diversos tipos de materiais, revelando a criatividade dos artesãos maranhenses.

A Mostra de Artesanato do Parque Botânico conta com mais de 200 peças feitas por artesãos de São Luís e de outros municípios do estado. Entre os produtos destacam-se joias, brinquedos e utensílios para decoração. Os materiais utilizados pelos artesãos vão de fibras de buriti, sementes e tecidos, até alumínio reciclado.

Para a gerente do Instituto de Desenvolvimento do Artesanato Maranhense (Idam), Andreza Rabelo, a promoção de eventos como esse contribui para que o artista possa entrar em contato com o público, pois muitos deles não têm recursos e local adequado para expor seus produtos. "O Idam possui cerca de 500 artesãos cadastrados, sendo que muitos são do interior do estado. O instituto busca apoiar esse grupo de artistas que trabalham com artesanato genuinamente maranhense, dando a eles um espaço para venda dos seus produtos. Sabemos o quanto é difícil para alguns poder apresentar seu trabalho e reconhecemos o esforço do Parque Botânico em ajudar nesse processo", explica a gerente do Idam, que está participando da mostra.

Aurea de Sousa está entre os artesãos que participam da mostra. Para ela, o artesanato é uma atividade de lazer e também ajuda a complementar a renda do mês. "Eu trabalho na confecção de produtos há mais de dez anos. Quando comecei estava desempregada e consegui tirar meu sustento desse trabalho. Mesmo conseguindo um emprego com renda fixa, não abandonei a atividade porque é algo que valorizo na minha rotina. Participar de exposições e mostras é algo que sempre faço, pois ajuda a conquistar novos clientes", conta a artesã.

A Mostra de Artesanato está montada no Salão de Exposições do Parque Botânico, ficando em cartaz até o dia 21 de agosto, das 8h às 16h. Além da mostra, os visitantes poderão participar das demais atividades oferecidas, como caminhadas nas trilhas ecológicas e oficinas de educação ambiental. O Parque Botânico está localizado na Avenida dos Portugueses, em frente ao Hospital da Mulher, no Anjo da Guarda.

38ª edição do Festival Guarnicê de Cinema é oficialmente aberta com o apoio do Governo do Estado

Oferecendo uma programação com mais de 120 filmes em exibição e seis oficinas direcionadas para a produção cinematográfica maranhense, foi aberta oficialmente na segunda-feira (17), a 38ª edição do Festival Guarnicê de Cinema. A solenidade de abertura foi realizada no Teatro Alcione Nazaré, localizado no Centro de Criatividade Odylo CostaFilho, no Centro Histórico de São Luís.

Este ano o festival tem como tema ‘São Luís: uma cidade cinematográfica’. Apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo do Estado, Universidade Federal do Maranhão (Ufma) e Petrobras, com o patrocínio do Banco do Nordeste e Petrobras e apoio cultural da Prefeitura de São Luís, o evento já entrou para o calendário artístico do Maranhão, atraindo um público muito diversificado.

Representando o governador Flávio Dino na cerimônia de abertura, o Secretário de Estado da Cultura, Felipe Camarão, reforçou que a pasta tem a missão de apoiar a disseminação de todas as expressões artísticas do Maranhão. “Entendemos que a cultura não é apenas o Carnaval e o São João. Temos um compromisso forte com todas as expressões artísticas do estado, por isso estamos aqui hoje prestigiando o audiovisual”, destacou.

Entre as mostras competitivas de longas e curtas-metragens, serão mais de 120 filmes em exibição. A programação terá ainda seis oficinas que bateram recorde de inscrição e fazem parte das ações formativas, são elas: Direção Cinematográfica, Roteiro para Cinema, Direção de Fotografia para Cinema, Montagem Cinematográfica, O Gênero do Filme: Um Passeio pela História do Cinema, Roteiro e Produção de Séries para TV e Web.

O reitor da Ufma, professor Natalino Salgado, agradeceu o apoio de todos os parceiros para a realização de mais uma edição do festival. “Esse evento já é um patrimônio da nossa cidade. Graças ao emprenho de todos os envolvidos, ele chegou à sua 38ª edição. Muito obrigada e aproveitem”, finalizou.

18 | TERÇA

TEATRO ALCIONE NAZARÉ

9h15 - SESSÃO MEMÓRIA GUARNICÊ

BANDEIRAS VERDES - Murilo Santos| Documentário | 20’00 | MA | 1988 | Livre

FILÉ COM FRITAS - Murilo Santos| Ficção | 05’00” | MA | 2003 | Livre

MARISA VAI AO CINEMA – Murilo Santos e Ione Coelho| Ficção | 15’00” | MA | 1995 | Livre

ROSAS – Ione Coelho| Ficção | 07’00” | MA | 2001 | Livre

VELA AO CRUCIFICADO – Frederico Machado| Ficção | 13’00” | MA | 2009 | Livre

LITANIA DA VELHA – Frederico Machado| Ficção | 15’00” | MA | 1977 | Livre

AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS - Camilo Cavalcante| Documentário | 12’00” | 2009 | PE | Livre

O VELHO O MAR E O LAGO – Camilo Cavalcante - Ficção| 20’00” | PE | 2001 - Livre

10h30  - PREMIADOS FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO - BLOCO 1

O INTERIOR DE MINHA MÃE - dir: Lucas Sá | UFPEL | 2013 | 18’ |“Destaque em Retrato da Realidade Nacional”

RIO CORPO ABERTO - Direção: Kadu Burgos | UNESA | 2013 | 20’ | “Destaque pelo Voto do Público”, “Menção Honrosa (Júri ABD)”

DEBAIXO DO CÉU - Direção: Renata Spitz | UFF | 2013 | 19’| “Destaque em Expressão Poética”

O AMOR QUE NÃO OUSA DIZER SEU NOME- Direção: Bárbara Roma | UFSCar | 2013 | 15’ | “Júri ABD-RJ: - Prêmio ABD”

SANTEIRO 3D - OU ‘RODA PIÃO’, COMO SÉRGIO PREFERE - Direção: Vitor Medeiros, Zaga Martelletto | UFF | 2013 | 13’ | “Menção Honrosa”, “Prêmio Cachaça Cinema Clube - Melhor Filme da UFF”

CATÁSTROFE - Direção: Gian Orsini | UFPB | 2012 | 14’ | “Destaque em Contribuição Artística”

14h - MOSTRA LONGAS CONVIDADOS

FAROESTE | Direção: Abelardo de Carvalho | Ficção | 120’ | 2014 | RJ

15h25 - MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

A GRANDE CIDADE | Direção: Cacá Diegues | Drama | 85 min | 1966

17h - MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | BLOCO 1

BALAIADA A GUERRA DO MARANHÃO – Direção: Beto Nicácio e Joaquim Haikel |Animação| Livre | 2015 |10’07” | MA

O VELHO DO SACO – Direção: Inácio Araújo | Ficção | Livre | 2015 | 13’02” | MA

A VIDA LOUCA DE EPARINA’S CRAZY – Direção: Domingos de Jesus | Documentário | 18 anos | 2015 | 25’ | MA

19h- COMPETITIVA DE CURTAS | BLOCO1

CARTAZ

OLHOS DE BOTÃO – Direção: Marlom Meirelles - Ficção | 2015| 18’ | PE

O JOGO – Direção: Pedro Coutinho | Ficção | 2014 | 18’45’’ | SP

O BOM COMPORTAMENTO – Direção: Eva Randolph | Ficção | 2014 | 19’ |RJ

OLHARES PERDIDOS – Direção: Henrique Saladini | Ficção | 2014 | 08’29’’ | RJ

CHIAROSCURO – Direção: Daniel Drummond | Animação | 2014 | 07’48’’ | MA



20h25 - COMPETITIVA DE LONGAS | BLOCO 2

SEM PENA - Direção: Eugênio Puppo| Documentário | 12 anos | 2014 | 87 | SP

CINE PRAIA GRANDE

9h15 - SESSÃO CINEMA NÃO TEM IDADE | SESSÃO 1

ACALANTO – Arturo Saboia - Ficção / 23’00” / MA/ 2013 - Livre

O VELHO O MAR E O LAGO – Camilo Cavalcante - Ficção / 20’00” / PE/ 2001 - Livre

NINGUÉM DA BOLA PRO ERNESTO - Luigi de Franceschi / Ficção / 19’00” / PR/2007/ Livre

O TERCEIRO BAILE - Renato Cunha. Juana Roberto e Mariana Furomoto / Documentário /17’00” /DF/2002/Livre

A MELHOR IDADE - AngeloDefanti| Ficção | 15’00” | RJ | 2011 | Livre

10h30 - SESSÃO PETROBRAS - Com filmes do projeto Revelando Brasis

QUEBRADEIRA Direção: Osman Silvino | Documentário | MA

O GRANDE BALÉ DE DAMIANA Direção: João Loureiro Jr. | Ficção | PA

O BOI ROUBADO - Direção: Ricardo Sena | Documentário | BA

A DOIS PASSOS DO PARAÍSO - Direção: Alan Russel Waine Gontijo | Ficção | TO

O SONHO DE MANOEL MESSIAS - Direção: Rafael Pereira da Rocha | Documentário | PI

O PORQUÊ DAS COISAS - Direção: Carmem Silvia Ferreira | Documentário | CE

14h-MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | BLOCO 1

BALAIADA A GUERRA DO MARANHÃO – Direção: Beto Nicácio e Joaquim Haikel |Animação| Livre | 2015 |10’07” | MA

O VELHO DO SACO – Direção: Inácio Araújo | Ficção | Livre | 2015 | 13’02” | MA

A VIDA LOUCA DE EPARINA’S CRAZY – Direção: Domingos de Jesus | Documentário | 18 anos | 2015 | 25’ | MA

15h- MOSTRA LONGAS CONVIDADOS | BLOCO 1

FAROESTE | Direção: Abelardo de Carvalho | Ficção | 120’ | 2014 | RJ

16h25 - MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

A Grande Cidade | Direção: Cacá Diegues | Drama | 85 min | 1966

19h - Sessão simultânea com a mesma programação em exibição no Teatro Alcione Nazaré

TEATRO JOÃO DO VALE

9h15 - MOSTRA GUARNICÊZINHO

THE ADVENTURES OF BENNY & ROO – Direção: Julia CristaldiVellutini | Animação | Livre | 2014 | 02’39” | SP

O FILME DE CARLINHOS – Direção: Henrique Filho | Ficção | Livre | 2014 | 20’ | BA

A CHEGADA DE ANINHA – Direção: Rosa Berardo | Animação Livre | 2015 | 15’ | GO

GAROTO PROPAGANDA – Direção: Christopher Faust | Ficção | Livre | 2015 | 23’ | PR

SANSÃO – Direção: David Azevedo | Ficção | Livre | 2014 | 15’ | MG

CINE TEATRO DA CIDADE

9h15 - MOSTRA JOVEM

O EXTRAORDINÁRIO CASO DO SR. A – Direção: Jackson Abacatu | Animação | 12 anos | 2014 | 12’40” | MG

ATÉ A CHINA – Direção: Marão | Animação | Livre | 2015 | 15’ | RJ

CORAÇÃO AZUL – Direção: Wellington Sari | Ficção | Livre | 2014 | 26’ | PR

GAROTO PROPAGANDA – Christopher Faust | Ficção | Livre | 2015 | 23’ | PR

THE ADVENTURES OF BENNY & ROO – Direção: Julia CristaldiVellutini | Animação | Livre | 2014 | 02’39” | SP

O FILME DE CARLINHOS – Direção: Henrique Filho | Ficção | Livre | 2014 | 20’ | BA

O FIM DO VERÃO – Direção: Caroline Biagi | Ficção | Livre | 2015 | 13’43” | PR

COM OS PÉ NA CABEÇA – Direção: Tiago Scorza e Gabriela LiuzziDalmasso | Ficção | Livre | 2014 | 20’ | BA

SATURNO – Direção: Clécius Rodrigues | Animação | 12 anos | 2014 | 08’30” | MG



19 | QUARTA

TEATRO ALCIONE NAZARÉ

9h15  

COMPETITIVA DE CURTAS | BLOCO 1 (REPRISE)

OLHOS DE BOTÃO – Direção: Marlom Meirelles - Ficção | 2015| 18’ | PE

O JOGO – Direção: Pedro Coutinho | Ficção | 2014 | 18’45’’ | SP

O BOM COMPORTAMENTO – Direção: Eva Randolph | Ficção | 2014 | 19’ |RJ

OLHARES PERDIDOS – Direção: Henrique Saladini | Ficção | 2014 | 08’29’’ | RJ

CHIAROSCURO – Direção: Daniel Drummond | Animação | 2014 | 07’48’’ | MA

10h30  COMPETITIVA DE LONGAS | BLOCO 1 (REPRISE)SEM PENA – Direção: Eugenio Puppo | Documentário | 2014 | 87’ | SP

14h    

MOSTRA LONGAS CONVIDADOS

DOIS CASAMENTOS

DOIS CASAMENTOS – Direção: Luiz Rosemberg Filho | Ficção| 2014 | 70’ | RJ

15h20

MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

AVAETÉ, A SEMENTE DA VINGANÇA | Direção: Zelito Viana | 110’ | 1985

17h20

MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | BLOCO 2

MASSA ESTANQUE – Direção: Nayra Albuquerque, Luciano Linhares e Ramusyo Brasil | Experimental | Livre | 2015 | 11’ | MA

O HOMEM TOMBADO – Direção: Enom Silva | Ficção | Livre | 2015 | 18’37” | MA

AGRIDOCE – Direção: Charles Melo | Ficção | 12 anos | 2015 | 13’15” | MA

MORTA ENTRE LÍRIOS – Direção:Walquiria Almeida | Ficção | 14 anos | 2015 | 08’ | MA

19h    

COMPETITIVA DE CURTAS | BLOCO 2

O_Asfalto_full

O ASFALTO – Direção: Predo Figueiredo Nobre e Cortese | Ficção | 2014 | 13’51’’ | SP

O NOME DO DIA – Direção: Marcello Quintella e Boynard | Ficção | 2015 |18’51’’ | RJ

DO MEU LADO - Direção: Tarcísio Lara Puiati Ficção | 2014 | 14’ | Rio de Janeiro

CABOCLOS NKISSIS - A TERRITORIALIDADE BANTO NO BRASIL E EM CUBA – Direção: Ana Stela Cunha | Documentário | 2015 | 31’15’’ | MA

20h25

COMPETITIVA DE LONGAS | BLOCO 2

ENTRETURNOS - Direção: Edson Ferreira| Ficção | 16 anos | 2014 | 82 | ES

CINE PRAIA GRANDE

9h15  

SESSÃO CINEMA NÃO TEM IDADE | SESSÃO 2

ACALANTO – Arturo Saboia - Ficção / 23’00” / MA/ 2013 - Livre

O VELHO O MAR E O LAGO – Camilo Cavalcante - Ficção / 20’00” / PE/ 2001 - Livre

NINGUÉM DA BOLA PRO ERNESTO - Luigi de Franceschi / Ficção / 19’00” / PR/2007/ Livre

O TERCEIRO BAILE - Renato Cunha. Juana Roberto e Mariana Furomoto / Documentário /17’00” /DF/2002/Livre

A MELHOR IDADE - AngeloDefanti| Ficção | 15’00” | RJ | 2011 | Livre

10h30

SESSÃO PREMIADOS FBCU | PARTE 2

OS INVASORES - Direção: Calac Nogueira | UFF | 2013 | 15’ |“Prêmio Cachaça Cinema Clube - Melhor Filme da UFF”

CARGA VIVA - Direção: Débora de Oliveira | PUC MINAS| 2013 | 18’ |“Prêmio Cachaça Cinema Clube - Melhor Filme Campestre”

CORRETOR - Direção: Lucas Camargo de Barros | FAAP | 2013 | 14’ |“Destaque em Construção Narrativa”

MAURO EM CAIENA - Direção: Leonardo Mouramateus | UFC | 2013 | 18’ |“Destaque em Expressão Cultural”

PRETO OU BRANCO - Direção: Alison Zago | USP | 2013 | 16’ |“Destaque em Contribuição Técnica”

COMO NUM PASSE DE CLAVES - Direção: Emerson Santos | UFRB | 2012 | 6’ | “Destaque em Pesquisa de Linguagem”

14h    

MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | BLOCO 2

MASSA ESTANQUE – Direção: Nayra Albuquerque, Luciano Linhares e Ramusyo Brasil | Experimental | Livre | 2015 | 11’ | MA

O HOMEM TOMBADO – Direção: Enom Silva | Ficção | Livre | 2015 | 18’37” | MA

AGRIDOCE – Direção: Charles Melo | Ficção | 12 anos | 2015 | 13’15” | MA

MORTA ENTRE LÍRIOS – Direção:Walquiria Almeida | Ficção | 14 anos | 2015 | 08’ | MA

15h    

MOSTRA LONGAS CONVIDADOS

DOIS CASAMENTOS – Direção: Luiz Rosemberg Filho | Ficção| 2014 | 70’ | RJ

16h20

MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

AVAETÉ, A SEMENTE DA VINGANÇA | Direção: Zelito Viana | 110’ | 1985

19h      Sessão simultânea com a mesma programação em exibição no Teatro Alcione Nazaré

TEATRO JOÃO DO VALE

9h e 15h - MOSTRA GUARNICÊZINHOMesma programação de filmes exibida no dia anterior

CINE TEATRO DA CIDADE

9h e 15h - MOSTRA JOVEMMesma programação de filmes exibida no dia anterior



20 | QUINTA

TEATRO ALCIONE NAZARÉ

9h15 - COMPETITIVA DE CURTAS | BLOCO 2 (REPRISE)

O ASFALTO – Direção: Predo Figueiredo Nobre e Cortese | Ficção | 2014 | 13’51’’ | SP

O NOME DO DIA – Direção: Marcello Quintella e Boynard | Ficção | 2015 |18’51’’ | RJ

DO MEU LADO - Direção: Tarcísio Lara Puiati Ficção | 2014 | 14 | Rio de Janeiro

CABOCLOS NKISSIS - A TERRITORIALIDADE BANTO NO BRASIL E EM CUBA – Direção: Ana Stela Cunha | Documentário | 2015 | 31’15’’ | MA

10h30 - COMPETITIVA DE LONGAS | BLOCO 2 (REPRISE)

ENTRETURNOS - Direção: Edson Ferreira| Ficção | 16 anos | 2014 | 82 | ES

14h - MOSTRA LONGAS CONVIDADOS

UM FILME FRANCÊS - Direção: Cavi Borges | Ficção | 2015 | 8 5’ | RJ (INÉDITO)

15h30  - SESSÃO CAVÍDEO CURTAS (20 anos)

OUTONO - Direção: Anna Azevedo | Ficção | 2014 | 12’ | RJ

HIATO - Direção: Vinicius Brum | Ficção | 2014 | 15’ | RJ

PAREDES BRANCAS – Direção: Anna Azevedo | Ficção | 2014 | 12’ | RJ

LUA NOVA - Direção: Andrea Prado | Ficção | 2015 | 12’ | RJ

HISTÓRIA DE BORBOLETAS – Direção: Marcelo Brandão | Ficção | 2014 | 15’ | RJ

ENSAIOS SOBRE A ÁGUA – Direção: Cavi Borges | Experimental | 2014 | 8’ | RJ

16h55  - MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

Os condenados | Direção Zelito Viana | 80’ | 1975

18h25 - MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | BLOCO 3

O PRAZEROSO LABOR DO MÚSICO – Direção: ManlioMacchivello | Documentário | Livre | 2015 | 04’10” | MA

LABIRINTO DO NADA – Direção: Francisco de Paula Bezerra | Documentário | Livre | 2015 | 12’ | MA

O ALVO DO CAÇADOR – Direção: Jadsuel Barroso Monteiro | Animação | Livre | 2015 | 03’35” | MA

BELÁGUA SIM SENHOR – Direção: Mauricio Miguel e Helena Bielinski | Documentário | Livre | 2015 | 02’34” | MA

A ALMA CIGANA – Direção: Leandro Guterres | Documentário | Livre | 2014 | 10’26” | MA

ÀS MARGENS DO ITAPECURU – Direção: José Gomes Pereira | Documentário | Livre | 2014 | 08’36” | MA

EU (EM) CONTRA EU – Direção: Rico Gomes | Ficção| Livre | 2015 | 03’54” | MA

19h30  - COMPETITIVAS DE CURTAS | BLOCO 3 (59’15”)

ESTÁTUA! – Direção: Gabriela Amaral Almeida | Ficção | 16 anos | 2014 |25’ | SP

DE FINO GOSTO – Direção: Marco Bravo Ficção | 12 anos | 2014 | 14’7’’ | RJ

CARRANCA

CARRANCA – Direção: Wallace Nogueira e Marcelo Matos | Ficção | Livre | 2014 | 10’45’’ | BA

MARATUQUE UPAON - AÇU: Homenagem ao dia da Mulher – Direção: ManlioMacchiavello | Documentário | Livre | 2015 | 09’ | MA

20h40 – COMPETITIVAS DE LONGAS | BLOCO 3ELA VOLTA NA QUINTA – Direção: André Novais Oliveira | Ficção | Livre | 2014 | 108’ | MG

CINE PRAIA GRANDE

9h15 - AGENDA EXTRA

APROCIMA SEMINÁRIO: A PERSPECTIVA DO AUDIOVISUAL DO MARANHÃO: REALIDADE E PROPOSTAS

14h - MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | BLOCO 3

O PRAZEROSO LABOR DO MÚSICO – Direção: ManlioMacchivello | Documentário | Livre | 2015 | 04’10” | MA

LABIRINTO DO NADA – Direção: Francisco de Paula Bezerra | Documentário | Livre | 2015 | 12’ | MA

O ALVO DO CAÇADOR – Direção: Jadsuel Barroso Monteiro | Animação | Livre | 2015 | 03’35” | MA

BELÁGUA SIM SENHOR – Direção: Mauricio Miguel e Helena Bielinski | Documentário | Livre | 2015 | 02’34” | MA

A ALMA CIGANA – Direção: Leandro Guterres | Documentário | Livre | 2014 | 10’26” | MA

ÀS MARGENS DO ITAPECURU – Direção: José Gomes Pereira | Documentário | Livre | 2014 | 08’36” | MA

EU (EM) CONTRA EU – Direção: Rico Gomes | Ficção| Livre | 2015 | 03’54” | MA

14h55 - MOSTRA LONGAS CONVIDADOS

UM FILME FRANCÊS - Direção: Cavi Borges | Ficção | 2015 | 85’ | RJ (INÉDITO)

16h25 - SESSÃO CAVÍDEO CURTAS (20 anos)

OUTONO - Direção: Anna Azevedo | Ficção | 2014 | 12’ | RJ

HIATO - Direção: Vinicius Brum | Ficção | 2014 | 15’ | RJ

PAREDES BRANCAS – Direção: Anna Azevedo | Ficção | 2014 | 12’ | RJ

LUA NOVA - Direção: Andrea Prado | Ficção | 2015 | 12’ | RJ

HISTÓRIA DE BORBOLETAS – Direção: Marcelo Brandão | Ficção | 2014 | 15’ | RJ

ENSAIOS SOBRE A ÁGUA – Direção: Cavi Borges | Experimental | 2014 | 8’ | RJ

17h50 - MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

Os condenados | Direção Zelito Viana | 80’ | 1975

19h30 - Sessão simultânea com a mesma programação em exibição no Teatro Alcione Nazaré

TEATRO JOÃO DO VALE

9h e 15h - MOSTRA GUARNICÊZINHO

Mesma programação de filmes exibida no dia anterior

CINE TEATRO DA CIDADE

9h e 15h - MOSTRA JOVEM

Mesma programação de filmes exibida no dia anterior

CINE IMPAR

(sede do jornal O Imparcial, Renascença II, atrás do shopping Tropical.)

9h - MOSTRA GUARNICÊZINHO

Mesma programação de filmes exibida no Teatro João do Vale

15h - MOSTRA JOVEM

Mesma programação de filmes exibida no Cine Teatro da Cidade



21 | SEXTA

TEATRO ALCIONE NAZARÉ

9h15 - MOSTRA CENÁRIO BRASIL

PAISAGEM INTERIOR - Leonardo Luiz Ferreira | Ficção | 20’|RJ | 2014 | Livre

MÚSICA DA FAVELA – Sabrina Maróstica -Documentário | 10’09” | SP | 2013 | Livre

MELODIÁRIO – Sobre o a obra de Jaceguay Lins- Marcos Valério | Documentário | 30’ | ES | 2013 | Livre

SIMULACRO - Miguel Moura | Ficção | 09’00” | RJ | 2015 | 16 anos

LICHTENBERG – José Wenceslau Caminha Aguair Junior |Animação | 29’50” | MG/ 2014 | Livre

ALEGORIA DA DOR – Matheus Vianna | Documentário| 13’24” | BA | 2015 | Livre

14h - MOSTRA LONGAS CONVIDADOS

MAIS DO QUE EU POSSA ME RECONHECER | Direção: Allan Ribeiro | Documentário | 72’ | 2015 | RJ

15h20 - Roda de conversa sobre os 50 anos da Mapa Filmes, com a presença de Zelito Viana e convidados.

15h50  - MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

Villa- Lobos, Uma Vida de Paixão | Direção: Zelito Viana | 134’ | 2000

19h - MOSTRA COMPETITIVAS CURTAS | BLOCO 4

CINE PAISSANDU – Direção: Christian | Jafas Documentário | 10 anos | 2013 | 15 | RJ

CARTAZ

COMO SÃO CRUÉIS OS PÁSSAROS DA ALVORADA – Direção: João Toledo | Ficção | 12 anos | 2015 | 21’ | MG

ALGUM LUGAR NO RECREIO – Direção: Caroline Fioratti | Ficção | Livre | 2014 | 22’ | SP

O MISTÉRIO DAS TULHAS – Direção: Ananda Cardoso, Christian Caselli, Diego Uchôa, Helen Maria, Lua Ferreira, Leonardo Sá, Marcos Frazão e Melody Fisher. | Documentário | Livre | 2015 |9’ 42’’ | MA

20h - COMPETITIVA DE LONGAS | BLOCO 4

O ÚLTIMO CINE DRIVE – IN – Direção: Iberê Carvalho Ficção | 12 anos | 2014 | 98’20 | DF

CINE PRAIA GRANDE

9h15 - COMPETITIVAS DE CURTAS | BLOCO 3 (REPRISE)

ESTÁTUA! – Direção: Gabriela Amaral Almeida | Ficção | 16 anos | 2014 |25’ | SP

DE FINO GOSTO – Direção: Marco Bravo Ficção | 12 anos | 2014 | 14 7’’ | RJ

CARRANCA – Direção: Wallace Nogueira e Marcelo Matos | Ficção | Livre | 2014 | 10’45’’ | BA

MARATUQUE UPAON - AÇU: Homenagem ao dia da Mulher – Direção: ManlioMacchiavello | Documentário | Livre | 2015 | 09’ | MA

10h30 - COMPETITIVAS DE LONGAS | BLOCO 3 (REPRISE)

ELA VOLTA NA QUINTA – Direção: André Novais Oliveira | Ficção | Livre | 2014 | 108’ | MG

14h - MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | BLOCO 4

MARANHÃO 669 JOGOS DO PHODER – Direção: Ramusyo Brasil Documentário | 18 anos | 2014 | 60’ | MA

15h10 - MOSTRA LONGAS CONVIDADOS

MAIS DO QUE EU POSSA ME RECONHECER | Direção: Allan Ribeiro | Documentário | 72’ | 2015 | RJ

16h30 - MOSTRA 50 ANOS DA MAPA FILMES

Villa- Lobos, Uma Vida de Paixão | Direção: Zelito Viana | 134’ | 2000

19h20 - Sessão simultânea com a mesma programação em exibição no Teatro Alcione Nazaré.

TEATRO JOÃO DO VALE

9h e 15h - MOSTRA GUARNICÊZINHO

Mesma programação de filmes exibida no dia anterior

CINE TEATRO DA CIDADE

9h e 15h - MOSTRA JOVEMMesma programação de filmes exibida no dia anterior



21 | SÁBADO



TEATRO ALCIONE NAZARÉ

9h15 - MOSTRA COMPETITIVAS CURTAS | BLOCO 4 (REPRISE)

CINE PAISSANDU – Direção: Christian | Jafas Documentário | 10 anos | 2013 | 15 | RJ

COMO SÃO CRUÉIS OS PÁSSAROS DA ALVORADA – Direção: João Toledo | Ficção | 12 anos | 2015 | 21 | MG

ALGUM LUGAR NO RECREIO – Direção: Caroline Fioratti | Ficção | Livre | 2014 | 22 | SP

O MISTÉRIO DAS TULHAS – Direção: Ananda Cardoso, Christian Caselli, Diego Uchôa, Helen Maria, Lua Ferreira, Leonardo Sá, Marcos Frazão e Melody Fisher. | Documentário | Livre | 2015 |9 42’’ | MA

10h30 - COMPETITIVA DE LONGAS | BLOCO 4 (REPRISE)

O ÚLTIMO CINE DRIVE – IN – Direção: Iberê Carvalho Ficção | 12 anos | 2014 | 98’20| DF

18h30 - SOLENIDADE DE PREMIAÇÃO

Divulgação e premiação dos filmes vencedores

CINE PRAIA GRANDE

9h15 - AGENDA EXTRA

Bate papo sobre produção de conteúdo audiovisual para a internet e cinema universitário, com a Zayra Louise Moura - Produtora, roteirista e diretora de cinema.

14h15 - MOSTRA CENÁRIO MARANHÃO | SESSÃO 5

MULEQUE TÉ DOIDO! O FILME – Direção:Erlanes Duarte Ficção | 10 anos | 2014 | 120’ | MA