sexta-feira, 31 de julho de 2015

Último fim de semana do projeto “Mais Cultura e Turismo” agita cidade de Barreirinhas


Artistas renomados e apresentações locais marcam o último fim de semana de apresentações do projeto “Mais Cultura e Turismo”, em Barreirinhas

A programação começa com a apresentação da Quadrilha Malagueta do Sertão, seguida dos shows dos cantores Clayber Rocha e Carlos Daffé, cantando muita música maranhense e animando a noite de sexta-feira (31) da cidade que é portal de entrada para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhense.

Sempre a partir das 19h, os últimos dias do projeto “Mais Cultura e Turismo” já deixam um gosto de quero mais entre moradores e turistas da cidade, que desde o dia 10 de julho teve finais de semanas mais alegres com o projeto. Mas como ninguém é de ferro e o bom mesmo é aproveitar enquanto ainda é tempo, a programação de sábado e domingo promete colocar moradores e turistas para dançar. 

No sábado, a noite começa com a apresentação empolgante do cacuriá, seguido pelo show do cantor maranhense, Mano Borges. Já no domingo, noite de encerramento do projeto, as atrações prometem muita animação ao som dos batalhões dos grupos de bumba-meu-boi Boizinho Infantil, Boi da Boa Hora e Boi de São Simão. 

O “Mais Cultura e Turismo” também continua em São Luís. Nesta sexta, a partir das 19h, na Praça Nauro Machado, a programação segue ritmada ao som do grupo Maratuque Upaon-Açu, do tradicional tambor de crioula do Mestre Felipe, do gingado dos cazumbás do Bumba-meu-boi Unidos de Santa Fé e dos pandeirões e matracas do bumba-meu-boi de Maracanã. 

Artistas maranhenses animaram a quinta-feira de chuva
A poesia cantada nas vozes de Joãozinho Ribeiro, César Teixeira e Chico Saldanha contagiou o público em mais uma noite de programação do projeto “Mais Cultura e Turismo”, na última quinta-feira, Nem a forte chuva que caiu na Praça Nauro Machado, afastou o público que prestigiou mais uma grande noite para a música maranhense. 

Joãozinho Ribeiro, poeta, compositor e pesquisador da cultura local, cantou clássicos da Música Popular Maranhense e abriu espaço para César Teixeira empolgar com a conhecida Bandeira de Aço e tantas outras canções queridas pelo público. O cantor Chico Saldanha, última atração da noite, enfatizou que o projeto já nasceu vitorioso e veio para preencher uma lacuna importante tanto de valorização do artista local, quanto da ocupação dos espaços públicos. “O projeto brinda a classe artística maranhense oferecendo lugar principal para atrações da terra”, enfatizou. 

Mais Cultura e Turismo 
Consolidar o Maranhão como destino cultural, valorizando artistas maranhenses e democratizando os espaços públicos são alguns dos objetivos do “Mais Cultura e Turismo”, projeto desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias de Cultura e Turismo.

A programação continua às quintas e sextas-feiras durante todo o mês de agosto, no Centro Histórico, em São Luís. O grande encerramento do projeto acontece no  Ceprama com show de Papete, Luiz Melodia e as Divinas Folioas, no dia 29 de agosto.

Cidade mais azulejada do mundo, Lisboa briga com os 'furtos de paredes'

Lisboa tenta pôr fim ao furto dos azulejos de suas fachadas. Todo ano desaparecem mais de 10 mil unidades

Há amores que matam, e o de Lisboa é um deles. O turista quer levar a cidade no coração e de passagem, se puder, também na mala. Algumas vezes é uma simples pedra de uma de suas ladeiras íngremes, mas outras vão além e levam um azulejo da casa que roubou sua alma.

Há dois anos, duplicaram-se as denúncias de furtos de azulejos em Lisboa, coincidindo com um aumento espetacular da chegada de visitantes à capital portuguesa. Leonor Sá, diretora da SOS Azulejo, nega-se a atribuir este problema ao turismo. "Creio que se começa a valorizar o que temos, e portanto se denuncia mais. Se não apreciamos a fachada de nossa casa, tampouco vamos consertá-la, e a deterioração fomenta o vandalismo."

A cada ano são roubados em Lisboa cerca de 10 mil azulejos, seja por indivíduos que depois os vendem em mercados paralelos ou por obra de bandos organizados que buscam painéis completos em igrejas ou palácios abandonados. Foi o caso recente da capela da Quinta da Flamenga, que perdeu todo o seu precioso revestimento formado por milhares de peças. Embora o preço dependa do tamanho e da antiguidade, um bom painel vale dezenas de milhares de euros.

A SOS Azulejo nasceu há oito anos para frear o espólio da cidade azulejo a azulejo. Assim que entrou em ação, as denúncias diminuíram 80%. "Bastou publicar na web as imagens dos painéis roubados para que começassem a ser recuperados. Apareceram até em museus nacionais", lembra Sá. Mas esse é o caso de representações figurativas; as geométricas são mais fáceis de comercializar.

Lisboa é a cidade mais azulejada do mundo. Os cartazes ou anúncios luminosos de outros lugares aqui eram painéis de azulejos que representavam a leiteria Camponeza, os banhos públicos ou uma humilde parada de trem. A beleza está à vista de todos em qualquer parte, e por isso ainda é mais difícil sua preservação. "O governo pretende que essas fachadas de Lisboa sejam patrimônio da humanidade, mas para isso é preciso ditar leis protetoras", reclama Leonor Sá.

Entre 1980 e 2000, Lisboa perdeu 25% dos azulejos artísticos, mas nem sempre por furtos. A picareta era a maior ameaça "a este patrimônio coletivo único". Por isso, a prefeitura proibiu a demolição de fachadas com azulejos e também a retirada das cerâmicas. "A mudança é de 180 graus", explica Sá. "Passamos de uma situação em que os conservacionistas tínhamos de provar o valor da fachada a que sejam as construtoras quem prove sua falta de valor."

Mas a pequena destruição de paredes continua. Onde desaparece um azulejo, logo cai o segundo e o terceiro... "O grande perigo é a falta de conservação de uma propriedade que é privada, embora esteja em público. Algumas prefeituras, como as de Aveiro e Porto, advertem o dono sobre a deterioração de sua propriedade, inclusive lhe oferecem seu armazém de azulejos, caso hajam iguais."

A luta contra o espólio depende da sensibilidade dos municípios. "Nós pretendemos uma legislação nacional que proíba a retirada de azulejos, à margem de qualquer declaração de patrimônio, sempre muito complicada", diz Sá, que tem muito trabalho pela frente.

Basta visitar a típica Feira da Ladra, junto ao Panteão Nacional, para se comprar uma cerâmica com séculos de história por 10 euros; se não, é entrar no eBay, onde se encontram às centenas, ou, se quiserem garantias, ir à loja de Manuel Leitão e escolher entre suas mais de 500 mil unidades.

"Alguns propõem que, como no caso do marfim, se proíba o comércio de azulejos", diz Sá. "Não queremos ser tão radicais, preferimos ir pouco a pouco removendo consciências."

A única arma de Leonor Sá é a palavra. Não tem orçamento para salvar sua cidade, enquanto assiste à moda dos tuk-tuk e das guias alternativas, que percorrem a cidade em busca de paredes com os últimos grafites e se esquecem do azulejo, a street art que faz de Lisboa uma cidade inimitável.

Fonte: uol.com.br

Grandes compositores maranhenses no Mais Cultura e Turismo


A poesia cantada nas vozes de Joãozinho Ribeiro, César Teixeira e Chico Saldanha contagiaram o público na terceira etapa do projeto Mais Cultura e Turismo. E, apesar da forte chuva que caiu na noite de quinta-feira, o público prestigiou e se emocionou com os artistas. Hoje o projeto continua em São Luís, a partir das 19h, com a invasão dos batalhões de bumba-meu-boi, do Maratuque Upaon-Açu (adiado de ontem para hoje devido a forte chuva) e o tradicional tambor de crioula do Mestre Felipe. As atrações iniciam as 19h na praça Nauro Machado, centro histórico.

Em Barreirinhas, o projeto se despede esse final de semana.  As atrações de hoje ficam por conta da Quadrilha Malagueta do Sertão e dos cantores Clayber Rocha e Carlos Daffé. No sábado, artistas do munícipio, o tradicional cacuriá e o cantor Mano Borges prometem muita animação e no domingo os batalhões invadem a programação com o Boizinho Indantil, Boi da Boa Hora, Boi de São Simão. 

Consolidar o Maranhão como destino cultural valorizando o artista maranhense e democratizando os espaços públicos são alguns dos objetivos do Mais Cultura e Turismo, desenvolvido pelo governo do Estado por meios das Secretarias de Cultura e Turismo. O cantor Chico Saldanha, que se apresentou na terceira etapa do Mais Cultura e Turismo, no centro histórico, enfatizou que o projeto já nasceu vitorioso e preenche uma lacuna importante tanto de valorização do artista local quanto do público ter acesso à cultura maranhense. “O Maranhão está caminho de conhecer a cultura maranhense”, enfatizou. Joãozinho Ribeiro, poeta, compositor e pesquisador da cultura maranhense, cantou músicas clássicas de sua trajetória e César Teixeira presenteou e empolgou o público com a conhecida Bandeira de Aço, hino contra a ditadura militar. 

Em mais uma noite de ritmos maranhenses (31 de julho), o tambor de crioula do Mestre Felipe abre a programação da sexta-feira. Em seguida será a vez do sotaque da baixada ser apresentado ao público por meio do Boi de Santa Fé e o batalhão pesado do Maracanã e todos os seus matraqueiros prometem não deixar ninguém ficar parado. 

Em Barreirinhas, a exemplo do que aconteceu no Espigão Costeiro, na Ponta D´Areia em São Luís, o projeto se despede nesse final de semana. Foram dois finais de semanas e quase 25 shows (Barreirinhas e Espigão) que proporcionaram acesso à cultura, ocupação de espaços públicos e aprovação por parte dos artistas, moradores e visitantes

O projeto Mais Cultura e Turismo tem funcionado como uma vitrine para apresentação e valorização de excelentes cantores e bandas maranhenses. A programação continua nas quintas e sextas de agosto no centro histórico de São Luís. O grande encerramento do projeto acontece  CEPRAMA com show de Papete, Luiz Melodia e as Divinas Folioas no dia 29 de agosto.

Convento das Mercês abriga reunião de Rede de Educadores em Museus

A Rede de Educadores em Museus do Maranhão (REM/MA) se reunirá, na segunda-feira (3), às 14h, no Convento das Mercês. Na oportunidade, o Chefe de Projetos Sociais da Fundação da Memória Republicana Brasileira (FMRB), Paulo Melo Sousa, falará sobre as experiências sociais e educativas do Convento das Mercês, e as perspectivas futuras no âmbito das propostas da instituição. 

A iniciativa, segundo o diretor do Convento e presidente interino da FMRB, Valdênio Caminha, reitera a política do governo Flávio Dino no sentido de estimular a socialização de espaços culturais do estado. “Isso demonstra a disposição do governador Flávio Dino em dinamizar e socializar esse importante espaço cultural para a comunidade maranhense e brasileira”, afirmou o diretor do Convento das Mercês e Presidente interino da FMRB. 

Durante o evento, será debatida a possibilidade das instituições de memória e cultura participarem da REM/MA na Feira do Livro de São Luís, por meio de um stand e de ações culturais.

Serenata Histórica encanta ludovicenses e turistas durante apresentação no dia 29.07




Ao som de cantigas maranhenses entoadas por um grupo formado por músicos, percussionistas, flautistas e trompetistas, centenas de ludovicenses e turistas acompanharam na noite de quarta-feira (29) mais um edição da "Serenata Histórica", que apresenta as histórias, lendas, belezas e particularidades da cidade. O projeto faz parte da programação "Férias Culturais em São Luís", promovido pela Prefeitura de São Luis em parceria com o governo do Estado.

O grupo musical iniciou o cortejo pela Praça Benedito Leite, no Centro Histórico de São Luís, seguindo, com paradas, pela Igreja da Sé, Prefeitura de São Luís, Palácio dos Leões, Rua de Nazaré, Tribunal de Justiça do Maranhão e retorna à Praça Benedito Leite. Em cada local, aumentava o público que acompanhava o cortejo, atraído pelo movimento do grupo, que intercala o passeio com informações que fazem o resgate histórico dos monumentos, becos e praças da capital.

"Maravilhoso! Esse projeto faz um resgate fantástico da nossa história, é emocionante, pois temos a sensação que fomos transportados para aquela época. É o terceiro ano que acompanho a Serenata e venho porque sou apaixonada por São Luís! Temos uma história linda e merece ser compartilhada", contou a aposentada de 70 anos, Sônia Freire, que mora no bairro do São Francisco.

Ao longo do passeio, são feitas pequenas paradas e um guia de turismo e os personagens como Catarina Mina, Ana Jansen, Benedito Leite, entre outros, contam a história daquele lugar. Além de contar toda a história, são apresentados aos participantes os principais monumentos, praças e ruas do Centro Histórico.

A marroquina Kenza Chraibi, de 23 anos, que passa férias em São Luís e está hospedada em um hotel próximo à Igreja da Sé, disse que estava no hotel e, ao ouvir os músicos cantando, desceu para ver de onde vinha a música. "Realmente muito legal a iniciativa de contar a história da cidade de uma forma tão atrativa. Estou aqui encantada", revelou.

Quem também disse estar encantado com a apresentação foi o francês Kevin Chapagain, que visita São Luís pela primeira vez. "Valorizar a cultura de uma cidade é sempre muito importante! O que estamos vendo esta noite é incrível! Parabéns aos idealizadores desse projeto", afirmou.

O projeto "Férias Culturais em São Luís" consiste em uma programação diversificada para o mês de julho, movimentando as férias de ludovicenses e turistas. Fazem parte da programação atrações culturais, roteiros guiados pelo Centro Histórico, Serenata Histórica, Roteiro do Reggae, Sarau Histórico e representação de personagens.

Smiles faz promoção de passagens Gol para São Paulo, São Luís e João Pessoa

Na promoção Destino Surpresa desta semana clientes Smiles voam Gol para São Paulo, São Luís e João Pessoa por 2 mil milhas o trecho de volta. As passagens ​estão sujeitas à disponibilidade.

A promoção é válida até às 23h59 do dia 02 de agosto para passagens de ida e volta. Os bilhetes são para voos entre os dias 10 de agosto e 15 de novembro. O acesso à promoção e o regulamento estão disponíveis no site www.smiles.com.br.

Destino 1: São Paulo

Origem: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Buenos Aires, Campinas, Campo Grande, Curitiba, Cuiabá, Florianópolis, Fortaleza, Foz do Iguaçu, Goiânia, João Pessoa, Londrina, Natal, Montevidéu, Navegantes, Porto Alegre, Porto Seguro, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Uberlândia e Vitória.

Destino 2: São Luís

Origem: Belém, Brasília, Buenos Aires, Campinas, Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Imperatriz, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória.

Destino 3: João Pessoa

Origem: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Buenos Aires, Campinas, Curitiba, Foz do Iguaçu, Goiânia, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Azul anuncia novos voos entre Imperatriz e Belém

A partir de 14 de setembro a Azul Linhas Aéreas iniciará a operação do voo entre Imperatriz e Belém, com cinco frequências semanais. O anúncio aconteceu na manhã de hoje (30), durante reunião da Secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade com a presidência da companhia aérea, em São Paulo (SP).

Os voos sairão de Belém às 9h, com chegada em Imperatriz às 10h20 e a saída de Imperatriz será às 10h45, chegando em Belém às 12h05. “Esse voo realizado no período da manhã facilitará a conexão do Sul do Maranhão com o Norte do Brasil e a Guiana Francesa. Além do turismo de Negócios, as novas frequências também beneficiarão o turismo de Lazer na Chapada das Mesas, já que o Pará é um importante emissor de visitantes”, comentou a secretária Delma.

O encontro, que contou com a participação do secretário-adjunto de Relações com o Mercado da Secretaria de Turismo do Maranhão, Marcus Vinícius Campos, também tratou dos estudos que a Azul vem fazendo com o apoio técnico da Secretaria, para a expansão da malha aérea da companhia em destinos maranhenses, a partir da redução do ICMS sobre a aviação.

Ainda durante a reunião, discutiu-se a parceria do Governo do Maranhão e Azul para incrementar a promoção do Estado e apoiar a comercialização dos destinos maranhenses junto a operadoras de turismo nacionais. “Além de garantir novas linhas, é necessário um trabalho constante de incentivo à venda para que o fluxo de turistas seja constante em todos os meses do ano”, complementou Delma.

Turismo no Maranhão

O Governo do Maranhão investe em ações para aumentar o potencial turístico e alcança resultados que reaquecem o fluxo de turistas no Estado. A retomada da Rota das Emoções, a reabertura do aeroporto de Carolina, os novos voos provenientes de Brasília, redução da alíquota de ICMS instituída pelo governador Flávio Dino. Essas são algumas medidas que têm ampliado gradativamente a malha aérea maranhense para melhorar a oferta de voos em todo o Maranhão. Hoje, o Estado tem média de 370 operações de voos por semana que, associadas a ações articuladas nacional e internacionalmente pela Secretaria de Estado do Turismo, dão visibilidade dos pontos turísticos do Maranhão para que mais pessoas se interessem em conhecer o Estado.

Procon divulga valores de pacotes turísticos pelo Maranhão

As viagens são aguardadas com tanta expectativa, que a Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon-MA), por meio de pesquisa, listou preços de pacotes de turismo para alguns dos principais destinos turísticos do estado. Foram divulgados pelo órgão os valores de passeios a Alcântara, Barreirinhas e Carolina. 

Para Alcântara, cidade colonial e histórica, o valor mais baixo encontrado, por pessoa, é R$90,00. O valor é exclusivo para grupos que tenham, no mínimo, quatro turistas. O pacote faz a viagem no estilo ‘bate e volta’, em que o viajante não pernoita na cidade, retornando no mesmo dia. No valor está incluso transfer, passeio de catamarã para ir e voltar, guia turístico e transfer para a volta ao hotel. 

Para Barreirinhas, cidade que dá acesso ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, o menor preço, no estilo bate e volta, é R$120,00. Pelo valor, o turista viaja de van até a cidade, faz o passeio pelas lagoas em caminhonete 4x4 e retorna no fim da tarde para São Luís. 

Já para Carolina, no sul do Maranhão, a distância impede o esquema de viagem curta. Os pacotes geralmente incluem estadia na cidade. Incluindo três diárias, em quarto triplo ou quádruplo, além de taxas ambientais para a entrada nos santuários e cachoeiras acompanhado de guia credenciado, o preço mais baixo encontrado para o passeio é R$1143,00. 

De acordo com o diretor-geral do Procon Maranhão, Duarte Júnior, no contrato (ou ficha roteiro de viagem) deve constar tudo o que foi acertado verbalmente e oferecido pela publicidade. As cláusulas que possam colocar o consumidor em desvantagem exigem maior atenção, sobretudo quanto à possibilidade de alterações nos hotéis, passeios, taxas extras e transportes. É importante guardar uma via datada e assinada, além de todos os prospectos, anúncios e folhetos publicitários, que integram o contrato. 

Duarte Júnior afirmou que a pesquisa auxilia os consumidores e fomenta o turismo maranhense. “O objetivo do governo Flávio Dino é informar aos consumidores os valores praticados em nossos principais destinos turísticos. Dessa forma, incentivamos o planejamento para que a viagem seja organizada de forma consciente, visando um maior aproveitamento e economia.”, enfatizou. Confira no link http://bit.ly/PacotesDeViagens a pesquisa completa. 

Anteriormente, o Procon concluiu pesquisa de preço nos hotéis das principais cidades turísticas do Maranhão. Foram listados os valores cobrados por diárias de quartos duplos e triplos em São Luís, Alcântara, Barreirinhas e Carolina. O objetivo da pesquisa foi informar aos consumidores sobre a variação de preço e garantir que a escolha da estadia seja feita de forma consciente, bem como incentivar o turismo local. Leia mais em: http://bit.ly/PacotesDeHoteis.

Joãozinho Ribeiro autografa Milhões de uns no Malagueta

Show acontece sexta-feira, 31, com participações especiais de Adler São Luís, Célia Maria e Milla Camões

Ilha adentro, o compositor Joãozinho Ribeiro segue sua turnê-maratona de lançamento de Milhões de uns – vol. 1, gravado ao vivo no Teatro Arthur Azevedo em novembro de 2012, com a participação de diversos artistas, entre os quais Chico César e Zeca Baleiro. 

Recentemente Joãozinho esteve no Bip Bip, em Copabacana, Rio de Janeiro, mítico cenário da música e boemia cariocas, ocasião em que (re)encontrou diversos amigos maranhenses, autografou seu disco e prestigiou uma roda de choro que contou com a presença de uma lenda viva da flauta: a francesa Odette Ernst Dias, radicada no Brasil, uma das fundadoras do Clube do Choro de Brasília. 

A próxima aparição de Joãozinho Ribeiro com a turnê de Milhões de uns será no Restaurante Malagueta (Rua das Graúnas, 3, Jardim Renascença II, telefone: (98) 32273000), nesta sexta-feira, 31, às 21h30. Os ingressos individuais podem ser adquiridos no local e custam R$ 20,00. 

Na oportunidade Joãozinho Ribeiro contará com as participações especiais de Célia Maria, Milla Camões e Adler São Luís, seu primo. Anfitrião e convidados serão acompanhados por Celso Bastos (saxofone, flauta e clarinete), Luiz Cláudio (percussão), Luiz Jr. (viola, violão sete cordas e guitarra) e Rui Mário (sanfona). 

Convidados – Célia Maria iniciou sua carreira artística no tempo em que as rádios eram dotadas de auditórios, e parte da programação era preenchida com música ao vivo, entre calouros e profissionais. Mudou-se para o Rio de Janeiro, onde conviveu com nomes como Nelson Cavaquinho e Cartola. Seu disco de estreia – e até aqui único gravado – leva apenas seu nome e foi lançado em 2001 e rendeu, no ano seguinte, o Prêmio Universidade FM de melhor compositor a Joãozinho Ribeiro por Milhões de uns. 

Carioca de nascimento, maranhense de adoção, Milla Camões está gravando seu disco de estreia. Reconhecida na noite ludovicense, já venceu o Prêmio Universidade FM na categoria Talento da Noite. Versátil, transita pelos universos do samba, da bossa, do choro e do jazz com igual desenvoltura. Em 2012 foi escalada para a primeira noite do espetáculo de gravação de Milhões de uns, disco de estreia de Joãozinho Ribeiro. Cantou Coisa de Deus, blues parceria dele com Betto Pereira. Ovacionada pela plateia, precisou ser escalada para a segunda noite, interpretando a mesma canção. 

Primo de Joãozinho Ribeiro e Arlindo Pipiu, Adler São Luís deixou São Luís após concluir o ensino médio – então segundo grau – no Liceu Maranhense na década de 1970. A ideia era cursar Engenharia Química no Rio de Janeiro. Mas a música falou mais alto. Na década de 1980 gravou Tambô de criola, com a banda de Elba Ramalho e participações de nomes como Manassés, Marcos Suzano, Paulo Moura e Luiz Melodia. Em 1981, sua música Couraça foi gravada pela potiguar Terezinha de Jesus em Pra incendiar seu coração (CBS). Radicado em São Paulo há 20 anos, sempre vem ao Maranhão para recarregar as baterias. 

Em clima de festa e reencontro a noite de autógrafos de Milhões de uns promete ser mais uma celebração à amizade e à boa música. De avalistas, o espírito agregador e a vasta obra musical de Joãozinho Ribeiro, talento reconhecido como um dos compositores mais gravados do Maranhão.

Governo prorroga inscrições do edital Seleção de Projetos Audiovisuais

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secma), prorrogou as inscrições do Edital de Seleção de Projetos Audiovisuais do Maranhão até o dia 28 de agosto. O incentivo foi desenvolvido a partir de parceria entre o Governo do Maranhão e a Agência Nacional de Cinema (Ancine). É o primeiro grande investimento no setor específico do audiovisual do Maranhão.

A prorrogação do prazo de inscrição do Edital se deu mediante a necessidade de garantir adesão e amplo alcance aos produtores de cinema do estado. Isto somado a uma proposta, realizada pela Ancine, para desenvolver um seminário com os cineastas maranhenses por meio do programa Brasil de Todas as Telas.

Com apoio da Secma e da Associação dos Produtores Cinematográficos do Maranhão (Aprocima), o Fundo Setorial de Audiovisual vai realizar o seminário sobre o edital nesta quinta-feira (30), às 9h, no Cine Praia Grande para um público previsto de 120 pessoas. As inscrições são gratuitas e ficam abertas até 30 de julho ou até o preenchimento total das 120 vagas colocadas à disposição.

“O governador Flávio Dino compreende o investimento no setor audiovisual como uma ampla ação do Governo. Atende a esse setor de forma organizada e democrática”, explicou a secretária de Estado da Cultura, Ester Marques.

Sobre a ação de capacitação, Ester Marques afirmou que a atividade deve gerar efeitos positivos, somando-se a prorrogação que vai atrair ainda mais interessados no Edital, além de esclarecer a respeito de outras ações possíveis de financiamento para projetos audiovisuais.

Governo abre inscrições para Concurso de Redação e Desenho

Estão abertas as inscrições para o Concurso “Escrever e Inovar com Luz, Ciência e Vida”, lançado pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). O objetivo é premiar desenhos e redações de estudantes do Ensino Médio que homenageiem 2015, decretado pela ONU o Ano Internacional da “Luz”. 

Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de setembro. Os concorrentes da modalidade redação devem escrever um texto dissertativo-argumentativo, que tenha entre 20 e 30 linhas. O primeiro lugar ganha um tablet. Os proponentes de Desenhos podem encaminhar um cartoon, uma charge ou uma pintura. O autor da arte selecionada leva para casa uma câmera fotográfica profissional. Os segundos e terceiros lugares também serão agraciados com certificados, medalhas e kits escolares. 

“Os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora, que levará em consideração a coerência com o tema, clareza e originalidade das propostas. Os três trabalhos mais pontuados em cada categoria serão apresentados na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A iniciativa é parte da política do governo Flávio Dino no sentido de estimular o envolvimento dos estudantes maranhenses em eventos de Ciência e Tecnologia no estado”, informou o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré. O evento acontece de 19 a 25 de outubro na Praça Maria Aragão, em São Luís. 

Os estudantes devem encaminhar as produções para a Secti, localizada na Avenida dos Holandeses, Quadra 24, Lote 14 – Ponta d’Areia – CEP 65077-357 - São Luís. 

BARREIRINHAS E SÃO LUIS RECEBEM 15 ATRAÇÕES DO ‘MAIS CULTURA E TURISMO’ ESTA SEMANA


Quinze apresentações, dois municípios, duas praças e centenas de pessoas assistindo ao que há de melhor da cultura maranhense. É o cenário de uma semana do “Mais Cultura e Turismo”, que retorna à cidade de Barreirinhas (de sexta a domingo) e São Luís a partir desta quinta-feira, 30 de julho. Na cidade que é o portal para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a programação acontece na praça do Trabalhador e na capital, a praça Nauro Machado é o palco dessa grande festa. Vale lembrar que a pontualidade tem sido uma das marcas registradas do projeto, que é coordenado pelas Secretarias de Cultura e Turismo.

Em São Luís, a abertura da terceira semana do “Mais Cultura e Turismo” fica por conta de dois grandes compositores maranhenses: César Teixeira e Joãozinho Ribeiro. As atrações seguintes ficam por conta do grupo Maratuque Upaon-Açu e da apresentação do cantor Chico Saldanha. A programação, genuinamente maranhense, tem sido um diferencial do projeto do Governo do Maranhão.

Na segunda noite (31 de julho) de atrações do projeto, os batalhões de bumba-meu-boi invadem o Centro Histórico. Em mais uma noite de ritmos maranhenses, o tambor de crioula do Mestre Felipe abre a programação da sexta-feira. Em seguida será a vez do sotaque da baixada ser apresentado ao público por meio do Boi Unidos de Santa Fé e o batalhão pesado do Maracanã e todos os seus matraqueiros balançarem as estruturas dos casarões históricos e não deixar ninguém ficar parado.

Mais Cultura e Turismo em Barreirinhas
Nesse final de semana, a praça do Trabalhador, no município de Barreirinhas, volta a ser palco do “Mais Cultura e Turismo”. No sábado, as atrações ficam por conta da Quadrilha Malagueta do Sertão e dos cantores Clayber Rocha e Carlos Daffé. No sábado, artistas do município, o tradicional cacuriá e o cantor Mano Borges prometem muita animação e no domingo os batalhões invadem a programação com o Boizinho Infantil, Boi da Boa Hora, Boi de São Simão.

Em Barreirinhas, a exemplo do que aconteceu no Espigão Costeiro, na Ponta D´Areia em São Luís, o projeto se despede nesse final de semana. Foram dois finais de semanas e quase 25 shows (Barreirinhas e Espigão) que proporcionaram acesso à cultura, ocupação de espaços públicos e aprovação por parte dos artistas, moradores e visitantes.  A previsão é que no segundo semestre o projeto chegue a 15 municípios do interior do Estado. O formato será o mesmo para as cidades do interior: feiras gastronômicas, de artesanato e apresentação de artistas do próprio município. Tudo isso organizado tanto para os moradores quanto para os visitantes para eu conheçam e tenham contato com a cultura maranhense.

A organização do projeto focou na valorização do artista local para atrair moradores e turistas para um dos pontos mais bonitos de São Luís; o centro histórico. O retorno é extremamente positivo com a revitalização do maior conjunto arquitetônico português da América Latina. “As pessoas estão circulando pelo local, assistem aos shows, movimentam a economia local, isso é importante para cadeia do turismo”, afirmou Delma Andrade, secretaria de Turismo do Estado. 

Outra estratégia do “Mais Cultura e Turismo” é contribuir para consolidar o Maranhão como destino turístico cultural. A diversidade de ritmos, danças, músicas, de manifestações folclóricas contribui para que o morador e o visitante tenham disponíveis opções culturais ao longo do ano. “O projeto organiza e fortalece essas apresentações para que o público possa apreciar a cultura ao longo do ano”, explicou a secretária de Turismo, Delma Andrade. O resultado a alcançar é incentivar a presença dos turistas e dos próprios maranhenses por períodos contínuos e não somente na época do carnaval ou São João.

O projeto “Mais Cultura e Turismo” tem funcionado como uma vitrine para apresentação e valorização de excelentes cantores e bandas maranhenses. Ao longo do projeto, com duração de dois meses, mais de 40 shows de cantores da terra passarão pelos palcos públicos  A programação continua nas quintas e sextas de agosto no Centro Histórico de São Luís. O grande encerramento do projeto acontece  Ceprama com show de Papete, Luiz Melodia e as Divinas Folioas no dia 29 de agosto.

Sebrae realiza primeiro Dia do Campo em Presidente Dutra


Centenas de pessoas estiveram presentes às atividades do Dia de Campo do Programa Balde Cheio no município de Presidente Dutra, numa realização do Sebrae em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura. No público, formado por produtores rurais dos municípios de Barra do Corda, Codó, Fortuna e Presidente Dutra, diversos interessados em conhecer a metodologia acompanharam os trabalhos na Fazenda Santa Tereza, propriedade rural atendida pelo projeto do Sebrae há cinco meses.

Segundo o secretário municipal de Agricultura, Robson Carvalho, a ação buscou ajudar a difundir a tecnologia do programa em Presidente Dutra. “Buscamos mostrar as experiências que temos na adequação e na implementação de sistemas produtivos, além de intensificar as atividades e levar tecnologia e melhoria de qualidade de vida para outros produtores", ressaltou Carvalho.

O proprietário da fazenda, Odimar Santana, e seu filho Carlos Santana, mostraram as experiências da propriedade com o Balde Cheio durante toda a manhã. "Já havíamos desistido da produção de leite", confidenciou Santana. "Mas com a chegada do Sebrae e do Balde Cheio, conseguimos enxergar uma nova oportunidade de negócio. Hoje estamos em um Dia de Campo, conhecendo as práticas, as técnicas e as teorias do programa e afirmo que queremos aumentar nossa produção e, futuramente, trazer um laticínio aqui para o nosso município e nossa região", declarou o pequeno produtor.

Com pouco tempo de acompanhamento a Fazenda Santa Teresa já mostra mudanças. Além de um pasto saudável, projetos de irrigação para períodos de seca e alguns animais frutos de inseminação. Hoje a fazenda tem uma média de 300 cabeças de gados, com 60 vacas leiteiras produzindo 150 litros de leite por dia, apesar do período seco.

O visitante Clésio Guerra, da Fazenda Santa Marta – de Codó – também foi convidado a dar seu depoimento sobre o Projeto realizado em sua Fazenda. Com mais tempo de acompanhamento, o produtor ainda sente a necessidade de aprender mais a cada novo encontro. "É muito importante a realização de atividades como o Dia de Campo para multiplicar o efeito do projeto em outras regiões. Sempre tem alguma coisa para aprender em uma atividade como esta, além de ser uma satisfação, para o dono da propriedade, mostrar o que tem sido desenvolvido e uma satisfação, para os participantes, em estar aprendendo muito mais”, avaliou Guerra.

Para o consultor do Sebrae responsável pela atividade, Raoul Bidjeke, o Dia de Campo cumpriu seu papel em difundir os benefícios do Balde Cheio. “Estamos mostrando o trabalho que foi feito na fazenda do seu Odimar, mostrando a parte de manejo e de campo. O trabalho está iniciando, mas com certeza teremos o resultado esperado”, avaliou Bidjeke, que informou ainda que cerca de 100 propriedades rurais mandaram representantes às atividades. “Com certeza a unidade do Sebrae que atende a esta região poderá implementar a tecnologia Balde Cheio aos que se interessaram pelo trabalho", afirmou.

FOTOS: UCM/SEBRAE NO MARANHÃO 

São Luís: patrimônio de todos nós


quarta-feira, 29 de julho de 2015

MARANHÃO É DESTAQUE EM REVISTA DE BORDO DE COMPANHIA AÉREA DA ESPANHA

Os Lençóis Maranhenses são destaque em dez páginas, com imagens exclusivas, na revista “Excelente”, publicação de bordo da Ibéria, maior companhia aérea da Espanha. Líder no mercado de voos entre a Europa e a América Latina, a empresa transporta mais de 17 milhões de passageiros a cada ano em sua rede que inclui aproximadamente 100 destinos.

 A reportagem é resultado da ação realizada pela Secretaria de Turismo do Maranhão, que convidou o jornalista German Aranda e o fotógrafo Chema Llanos para acompanharem os festejos juninos de São João na capital, São Luis, e o município de Santo Amaro, nos Lençóis Maranhenses.

Tendo a cidade de Santo Amaro como base, eles fizeram trekking entre as comunidades de Betânia, Queimada dos Britos, Baixa Grande, até chegarem na foz do Rio Negro. No caminho, contemplaram diversas lagoas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e conheceram a população que vive nos lugarejos.

“Esta ação é resultado do esforço conjunto entre as iniciativas pública e privada para promover os destinos maranhenses e apresentar toda a diversidade de atrativos que os turistas poderão encontrar aqui”, explicou a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade.

A iniciativa contou com o apoio da FIEMA (Federação das Industrias do Maranhão), Taguatur Turismo, Hotel Pestana, Hotel Brisamar, Secretaria de Turismo de Santo Amaro, Pousada Cajueiro, Pousada Água Doce, Agência Modus Vivendi, Restaurante Amendoeiras, Restaurante do SENAC, Restaurante Feijão de Corda, Churrascaria Barriga Verde, Restaurante Panela de Minas e Pizzaria Rossini. A visita resultará, ainda, em matérias no jornal El Mundo e na revista Condé Nast Traveller da Espanha.

Barreirinhas e São Luís serão palcos do Mais Cultura e Turismo nesse final de semana

Quinze shows, dois municípios, duas praças e centenas de pessoas assistindo ao que há de melhor da cultura maranhense. É o cenário de mais uma edição do Mais Cultura e Turismo que retorna à cidade de Barreirinhas (de sexta a domingo) e São Luís a partir desta quinta-feira, 30 de julho. Na cidade que é portal para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, a programação acontece na praça do Trabalhador e na capital, a praça Nauro Machado é o palco dessa grande festa. Vale lembrar que a pontualidade tem sido uma das marcas registradas do projeto, que é coordenado pelas Secretarias de Cultura e Turismo.

Em São Luís, a abertura da terceira edição do Mais Cultura e Turismo fica por conta de dois grandes compositores maranhenses César Teixeira e Joãozinho Ribeiro. As atrações seguintes ficam por conta do grupo Maratuque Upaon-Açu e da apresentação do cantor Chico Saldanha. A programação, genuinamente maranhense, tem sido um diferencial do Mais Cultura e Turismo.

A organização do projeto focou na valorização do artista local para atrair moradores e turistas para um dos pontos mais bonitos de São Luís; o centro histórico. O retorno é extremamente positivo com a revitalização do maior conjunto arquitetônico português da América Latina. “As pessoas estão circulando pelo local, assistem aos shows, movimentam a economia local, isso é importante para cadeia do turismo”, afirmou Delma Andrade, secretaria de Turismo do Estado.  

Outra estratégia do Mais Cultura e Turismo é consolidar o Maranhão como destino turístico cultural. A diversidade de ritmos, danças, músicas, de manifestações folclóricas contribui para que o morador e o visitante tenham disponíveis opções culturais ao longo do ano. “O projeto organiza e fortalece essas apresentações para que o público aprecie ao longo do ano”, explicou a secretária de Turismo, Delma Andrade. O resultado a alcançar é incentivar a presença dos turistas e dos próprios maranhenses por períodos contínuos e não somente na época do carnaval ou São João.

Na segunda noite (31 de julho) de atrações do mais Cultura e Turismo, os batalhões de bumba-meu-boi invadem o centro histórico. Em mais uma noite de ritmos maranhenses, o tambor de crioula do Mestre Felipe abre a programação da sexta-feira. Em seguida será a vez do sotaque da baixada ser apresentado ao público por meio do Boi de Santa Fé e o batalhão pesado do Maracanã e todos os seus matraqueiros balançarem as estruturas dos casarões históricos e não deixar ninguém ficar parado.
Mais Cultura e Turismo em Barreirinhas

Nesse final de semana, a praça do Trabalhador, no município de Barreirinhas, volta a ser palco do Mais Cultura e Turismo. No sábado, as atrações ficam por conta da Quadrilha Malagueta do Sertão e dos cantores Clayber Rocha e Carlos Daffé. No sábado, artistas do munícipio, o tradicional cacuriá e o cantor Mano Borges prometem muita animação e no domingo os batalhões invadem a programação com o Boizinho Indantil, Boi da Boa Hora, Boi de São Simão.

Em Barreirinhas, a exemplo do que aconteceu no Espigão Costeiro, na Ponta D´Areia em São Luís, o projeto se despede nesse final de semana. Foram dois finais de semanas e quase 25 shows (Barreirinhas e Espigão) que proporcionaram acesso à cultura, ocupação de espaços públicos e aprovação por parte dos artistas, moradores e visitantes.  A previsão é que no segundo semestre o projeto chegue a a 15 municípios do interior do Estado. O formato será o mesmo para as cidades do interior; feiras gastronômicas, de artesanato e apresentação de artistas do próprio município. Tudo isso organizado tanto para os moradores quanto para os visitantes para eu conheçam e tenham contato com a cultura maranhense.

O projeto Mais Cultura e Turismo tem funcionado como uma vitrine para apresentação e valorização de excelentes cantores e bandas maranhenses. Ao longo do projeto, com duração de dois meses, mais de 40 shows de cantores da terra passarão pelos palcos públicos  A programação continua nas quintas e sextas de agosto no centro histórico de São Luís. O grande encerramento do projeto acontece  CEPRAMA com show de Papete, Luiz Melodia e as Divinas Folioas no dia 29 de agosto.

Setur e Prefeitura de Axixá alinham parceria para incremento do turismo na região do polo Munim

A secretária Estadual do Turismo, Delma Andrade, recebeu na manhã desta terça-feira (28), a prefeita de Axixá (MA), Roberta Barreto, e o secretário do Turismo do município, Isaias Sobrinho, para discutir ações de desenvolvimento do setor na região. 

Na pauta da reunião, a realização do aniversário de 98 anos da cidade de Axixá e o convite do município para que a secretária Delma visite todos os atrativos turísticos que a cidade oferece. 

A prefeita de Axixá, Roberta Barreto, falou sobre a importância de contar com o apoio do Governo do Estado para o desenvolvimento do turismo na região. “Estou satisfeita em ver o interesse do Governo em fortalecer o turismo em nossa região. Nós só temos a ganhar com essa parceria, já que o crescimento do turismo é acompanhado pela geração de emprego e renda para a nossa população”. 

Já Isaias Sobrinho, secretário Municipal de Turismo, demonstrou o interesse do município em participar da nova fase do projeto “Mais Cultura e Turismo”, realizado pelo Governo do Estado, por meio das secretarias de Turismo e Cultura, e que tem levado centenas de pessoas aos espaços públicos das cidades de São Luis e Barreirinhas.

“Nós acompanhamos de perto toda a programação do projeto, que tem como objetivo a valorização de artistas genuinamente maranhenses, oferecendo, a população local e aos turistas, a oportunidade de conhecer de perto a nossa cultura. Por isso gostaríamos de agregar o valor do projeto à já tradicional festa de aniversário de Axixá, que neste ano completa 98 anos”. 

Já para a secretária Delma Andrade, esse diálogo aberto com os municípios ajuda a incrementar as atividades turísticas de cada região, conscientizando todas as esferas que o turismo é umas das alternativas para a valorização e o crescimento da economia local. 

“A realização desses eventos começa a abrir os olhos da população local para as oportunidades que são criadas por meio do turismo, aumentando a oferta e a procura de serviços, fazendo girar a economia desses municípios. A Secretaria de Turismo do Estado está aberta ao diálogo com as prefeituras e secretarias municipais de turismo”. 

Ficou acertado entre os participantes que a Secretaria Estadual irá fazer uma visita técnica á cidade de Axixá e região do Munim para alinhar as ações que serão desenvolvidas em curto, médio e longo prazo. 

Boi de Zabumba é tema de exposição do Governo do Estado, Iphan e Petrobras

Em uma iniciativa que visa salvaguardar o patrimônio cultural maranhense, o Governo do Estado, a Petrobras e o Instituto de Patrimônio Artístico e Cultural (Iphan) reuniram esforços para realizar a exposição ‘É de Zabumba, o baile da bicharada!”, que será lançada na próxima quinta-feira (30), no Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, que fica na Rua do Giz, Praia Grande, em São Luís. 

Para a abertura da exposição, a curadoria preparou uma programação que contempla um seminário, debate, exibição de filme e lançamento de produtos que fazem parte do projeto ‘Palhaceiros da Graça de Deus’, organização que tem como objeto de trabalho o Boi de Zabumba e suas práticas de comédias ou matanças tradicionais do boi do Maranhão. 

“Articulado a este projeto, estamos disponibilizando aos maranhenses e turistas um material riquíssimo para consulta, inclusive para que novas pesquisas possam ser realizadas a respeito do tema. Isto indica uma preocupação do governador Flávio Dino em assegurar ações para salvaguarda a nossa cultura popular, como podemos constatar na exposição”, destacou a Secretária de Estado da Cultura, Ester Marques. 

A denominação de Boi de Zabumba é dado ao sotaque cuja sonoridade é marcada pelo misto e cadenciado rufo de tambores africanos. Originário do município de Guimarães, na região da Baixada Maranhense, o Boi de Zabumba se transforma a partir da próxima quinta-feira na principal pauta de uma exposição que está prevista para ter uma duração de três a quatro meses. 

Aberto ao público a partir das 15h, o lançamento contará com a presença de agentes e pesquisadores culturais. Na ocasião também será lançado o site ‘edezabumba.com.br’, e haverá uma sessão de filme gravado em 2014, no município de Pinheiro e Mirinzal. 

Na produção audiovisual, o público poderá conferir o registro de três representações do bumba-meu-boi de Zabumba sob o olhar dos autores e atores da comédia. Já o site, vai disponibilizar informações reunidas de forma organizada sobre o sotaque, além de enredos do ritual de matanças da manifestação.

Brincando nas Férias do Sesc encerra com muita alegria, luz e música


A alegria marcou presença na colônia de férias do Sesc 2015. Nesse clima que o tradicional “Brincando nas Férias” reuniu 300 crianças de 6 a 10 anos em uma programação animada, realizada na Unidade Turismo, de 20 a 25 de julho. Com o tema “Brincando no Circo” a colônia movimentou as férias da criançada com opção de lazer e divertimento. 

Durante toda a semana, das 7 às 17 horas, as crianças tiveram contato com o lúdico mundo circense, através de oficinas de malabarismo, equilibrismo, careta (expressão corporal), mágica, alegria do palhaço, além das estações com as brincadeiras tradicionais, estação estripulia, tchibum, esportizando e estação parque de diversão, garantindo experiências divertidas através do corpo e do imaginário infantil, propiciando o desenvolvimento e a socialização da criança. 

O Sesc encerrou as férias da criançada no último sábado, 25 de julho, com luzes e muita música na boate infantil do Brincando nas Férias. A partir das 13h40 as crianças se jogaram na pista e se divertiram com a discotecagem ao som das melodias que embalam o mundo infantil.

Pensando na segurança e no conforto das crianças, o Sesc disponibilizou durante todo o projeto uma equipe especializada na área de esportes, recreação e saúde que garantiu um lazer saudável às crianças durante o período da colônia, evidenciando que o bem estar é uma das principais preocupações da organização do Brincando nas Férias. 

Projeto de Educação Ambiental alcança bons resultados em comunidade de Santa Inês

Moradores de Piquizeiros aprendem a cultivar hortaliças durante participação em projeto do Parque Botânico Vale

Palestra sobre reaproveitamento de alimentos está entre as atividades oferecidas pelo projeto Comunidade Sustentável

Participantes do projeto Comuniade Sustentável fazem exposição de produtos confeccionados a partir do reaproveitamento de materiais
Em sete anos de atuação, o Parque Botânico Vale de São Luís já plantou a semente da sustentabilidade em mais de 690 mil pessoas que já visitaram suas instalações desde a inauguração do espaço, em 2008. E há dois anos, as ações de educação ambiental desenvolvidas pelo Parque têm ido além dos muros do local, estendendo a centenas de pessoas em diferentes localidades em São Luís e ao longo da Estrada de Ferro Carajás. Esse é o caso do projeto Comunidade Sustentável, que encerrou sua primeira edição no mês de julho na localidade de Piquizeiro, no município de Santa Inês.

Dividido em cinco módulos, com a participação de cerca de 40 pessoas em cada um, o projeto teve início em março e promoveu palestras, cursos e oficinas sustentáveis, abordando diferentes formas de reaproveitamento dos resíduos mais gerados na região. Os temas foram definidos junto com a comunidade. Com o encerramento do projeto, foi realizada uma exposição de todos os materiais confeccionados durante o período de aprendizagem.

"Eu aprendi na primeira etapa do projeto a fabricar pufe, sofá e mesa com papelão. Aprendi depois a fazer tapetes e flores com sacolas, boneca com tecido, sandália de palha, cuidar de hortaliças e a fazer vários bolos com sobra de comida. Vou continuar a fazer tudo que aprendi. Já tenho até material guardado!", disse Maria de Nazaré Silva Mendes, que participou dos cinco módulos do projeto.

De acordo com a supervisora do Parque Botânico, Giselly Pinto, foi uma grande realização desenvolver a primeira edição do projeto Comunidade Sustentável em Piquizeiro. "A comunidade participou desde o início quando definimos quais temas de Educação Ambiental seriam trabalhados. Fomos surpreendidos em cada módulo do projeto com as descobertas de talentos e dedicação dos participantes, que também podem vislumbrar agora uma nova fonte de renda. O nosso próximo objetivo é levar o projeto para outras comunidades", destacou.

Módulos
1. Reaproveitamento de resíduos de papel e papelão: fabricação de artesanato com papel e móveis de papelão;

2. Reaproveitamento de resíduos orgânicos: curso de culinária alternativa, produção de horta caseira, plantio de hortaliças e produção de adubo;

3. Reaproveitamento de resíduos plásticos: produção de tapetes e flores a partir de sacos e sacolas plásticas;

4. Reaproveitamento de resíduos de tecido: produção de bonecas de pano e chaveiros de flor de tecido;

5. Reaproveitamento de resíduos de elementos da natureza: fabricação de sandálias com palha de buriti.

Governo realiza projeto ‘Férias na Biblioteca’ até sexta-feira (31)

O Governo do Estado preparou uma programação especial para esta última semana de férias escolares, na Biblioteca Pública Benedito Leite (BPBL), na Praça Deodoro, e no Museu de Artes Visuais (MAV), na Praia Grande, em São Luís. A iniciativa é parte da política cultural do governo Flávio Dino de incentivar o público a ir com mais frequência às casas culturais como museus e bibliotecas.

“Estamos, desde o início do ano, fomentando ações que aproximem mais a população das casas de cultura. Por isso, temos oferecido atividades especialmente para crianças que têm acesso a ricas fontes de conhecimento. Desta forma, contribuímos para a formação de um Maranhão que percebe os seus museus e biblioteca como espaços legítimo da memória coletiva”, explicou a secretária de Estado da Cultura Ester Marques. 

 A BPBL, que já desenvolve um trabalho voltado ao público infanto-juvenil de forma permanente, por meio do projeto ‘Terça na Biblioteca’, realiza, a partir desta terça (28) até sexta-feira (31), o projeto ‘Férias na biblioteca’.

As inscrições são gratuitas, e devem ser feitas pelos responsáveis das crianças na BPBL e Juvenil Viriato Corrêa (anexo da Biblioteca Benedito Leite), na Praça Deodoro, em São Luís. 

Destinado a atender crianças de 7 a 10 anos de idade, as atividades do projeto na Biblioteca acontecerão sempre das 9h às 12h, com uma programação que inclui brincadeiras, jogos culturais, criação literária, visita guiada, exibição de filmes e livros. 

A escritora Camila Reis Brito fará performance do livro de sua autoria ‘Canções Divinas’ e haverá uma oficina de contação de histórias realizada pela arte-educadora, Rosângela Teixeira Souza. Também será realizada a distribuição de livros de literatura infantil. 

A Diretora da BPBL, Aline Nascimento, explica que a ação responde a uma demanda crescente. “Nos meses de férias escolares mantemos a Bendito Leite em pleno funcionamento, pois recebemos visitação em um fluxo de visitantes e leitores bastante satisfatório. Este é um resultado que comemoramos, pois é fruto de um reconhecimento cada vez maior de que equipamentos como a Biblioteca estão se transformando em espaços cativos da população”, declarou. 

Férias no Museu Histórico e Artístico 

Na reta final do mês de julho, o Museu Histórico e Artístico realiza atividades concentradas no Museu de Artes Visuais (MAV), na Praia Grande. A unidade promove, nesta terça-feira (28), uma ação de viés cultural e educativo. 

A partir das 15h haverá a releitura de obras do museu. De forma paralela, das 14h às 17h, acontece a oficina de Instrumentos Ópticos, que será conduzida pelo fotógrafo e pesquisador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Ifma), Carlos Eduardo Cordeiro.

Sebrae e parceiros realizam terceira edição do SLZ Beauty


Único evento de mercado voltado para o segmento da beleza no Estado acontece nos dias 2 e 3 de agosto, no Centro de Convenções

Com um faturamento anual que movimenta cerca de R$ 18 bilhões anuais e um crescimento de novos estabelecimentos beirando os 80% nos últimos seis anos, o segmento da beleza e bem estar consolidou-se como um dos poucos que não sentem tanto os efeitos da crise econômica que atinge diversos setores da economia brasileira. A tendência nacional é fartamente observada no Maranhão, onde o número de salões de beleza continua a crescer consideravelmente e tem se mantido como o segundo maior segmento dentre os microempreendedores individuais (MEI).

O cenário local promissor levou à realização da 3ª edição do SLZ Beauty, único evento de mercado do segmento no estado, que vai reunir profissionais que atuam no mercado estadual e especialistas de todo o Brasil para tratar de técnicas inovadoras e discussões tecnológicas que buscam a melhoria da gestão e dos serviços desse tipo de negócio. A promoção é do Sebrae Maranhão, com o apoio de diversos parceiros, acontecendo nos próximos dias 2 e 3 de agosto (domingo e segunda-feira), no Centro de Convenções, no Cohafuma.

A programação dá destaque às tendências de moda que ditam novas técnicas para o tratamento de cabelos femininos, dentre colorações, química, reestruturação, penteados e cortes. Paralelo à programação, também acontece a segunda edição do Seminário de Manicures do Maranhão, onde o foco das discussões trará atendimento, gestão de pessoas e segurança de materiais recicláveis.

Nomes - As tendências de beleza masculina também estarão em debate no SLZ Beauty, com o consultor especializado no tema Ribamar Mendonza, técnico responsável por diversas marcas de beleza para o Norte-Nordeste, dentre elas Wella, Sebastian e System Professional.

A empresária do Rio Grande do Norte Fabiana Gondim também estará no Maranhão durante o SLZ Beauty. Ela vai ministrar oficinas sobre o Método Hair Size, que define diversas técnicas de gestão de produtos e precificação de serviços em salões, estimulando o setor a trabalhar com a sustentabilidade do negócio para aumentar o faturamento. O Hair Size foi desenvolvido pela própria Fabiana, que mantém dois grandes salões na cidade de Natal e presta consultoria para todo o Brasil, difundindo o método.

De acordo com a gestora do Sebrae responsável pela ação, Regina Elizabeth Vieira, o SLZ Beauty chega à sua terceira edição de olho no aumento da profissionalização do mercado de salões de beleza no Estado. “O mercado local tem vivido diversas transformações nos últimos anos e a profissionalização dos estabelecimentos é uma delas. O Sebrae apoia e trabalha para estas melhorias, garantindo que os pequenos negócios da beleza atendam às atuais exigências do mercado, dos clientes e também da própria sociedade”, avalia Regina.

O Sebre no Maranhão apresenta quatro projetos na área de Beleza & Bem Estar. Somente em São Luís, o projeto Empreendedores do Segmento de Salões de Beleza tem um trabalho com 86 salões da cidade, cujo objetivo é aumentar a competitividade dos micro e pequenos empreendimentos de salões de beleza através da melhoria da gestão, acesso a tecnologia, visando aumentar a comercialização e a prestação de serviços das empresas. E desenvolve várias ações de gestão, inovação e tecnologia e acesso a mercado, dentre eles, o SLZ Beauty.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Itinerância do Mais Cultura e Turismo no interior do Estado








No último final de semana do projeto no Espigão Costeiro foi anunciada a visita ainda nesse segundo semestre há 15 municípios maranhenses

Conquistas importantes para a cultura e o turismo maranhenses e experiências inesquecíveis que agregaram valor e transformaram pessoas são alguns dos resultados importantes que contribuíram para tornar o Mais Cultura e Turismo um projeto itinerante. No segundo semestre, as ações que incentivam o acesso à cultura e a democratização dos espaços públicos chegarão a 15 municípios do interior do Estado. O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Flávio Dino, em visita à programação do Mais Cultura e Turismo no Espigão Costeiro. O projeto se despediu da Ponta D´Areia, mas continua atrações as quintas e sextas no centro histórico e em Barreirinhas.

O formato é o mesmo para as cidades do interior; feiras gastronômicas, de artesanato e apresentação de artistas do próprio município. Tudo isso organizado tanto para os moradores quanto para os visitantes para eu conheçam e tenham contato com a cultura maranhense. “A proposta é incentivar a cultura local, a geração de emprego e renda e a ocupação de espaços públicos na cidade visitada pelo projeto”, afirmou o governador.  São Luís e Barreirinhas foram os pilotos desse grande evento e o público (artistas, produtores e o expectador) retornou de maneira positiva.

Outra estratégia do Mais Cultura e Turismo é consolidar o Maranhão como destino turístico cultural. A diversidade de ritmos, danças, músicas, de manifestações folclóricas contribui para que o morador e o visitante tenham disponíveis opções culturais ao longo do ano. “O projeto organiza e fortalece essas apresentações para que o público aprecie ao longo do ano”, explicou a secretária de Turismo, Delma Andrade. O resultado a alcançar é incentivar a presença dos turistas e dos próprios maranhenses por períodos contínuos e não somente na época do carnaval ou São João. “Temos potencial para atrair os visitantes, presentear os moradores com a cultura maranhense e consolidar o Maranhão também como destino cultural”, disse Dino.  

Despedida Espigão

O Espigão Costeiro transformou-se em um grande picadeiro. A companhia de teatro e circo Trupe Picadeiro envolveu a criançada em um espetáculo com direito as brincadeiras antigas com palhaços e perna-de-pau. Após as animadas atividades, a criançada e os pais assistiriam ao show da cantora Ana Claudia e Augusto Pelegrini e o Quinteto Bom Tom e do grupo Piaçaba. As atividades marcaram o encerramento do Mais Cultura e Turismo no Espigão Costeiro da Ponta D´Areia.

Para a atriz circense Amália Rodrigues a interação com a criançada foi surpreendente. “As pessoas e, principalmente a criançada, são receptivas a essas ações.  O projeto preenche uma lacuna, pois, valoriza os grupos maranhenses que não têm onde se apresentar e proporciona a diversão a esse público que valoriza o que fazemos”, afirmou. Foi que aconteceu com a família de Juliana Pimenta. Ela, o marido e a filha de quatro anos, Larissa, acompanhavam as brincadeiras do grupo circense. “É um domingo de férias, quer programação melhor para a criançada em espaço tão bonito, seguro e de graça. Muito bom mesmo!”.  

O Mais Cultura e Turismo, desenvolvido em parceria pelas Secretarias de Cultura e Turismo, viabiliza a festa da cultura maranhense e as atrações continuam ainda na praça Nauro Machado, até o dia 27 de agosto (sempre as quintas e sextas as 19h), no município Barreirinhas (31/07 e 01 e 02/08) e encerramento com grande celebração no CEPRAMA, dia 29 com shows de Luiz Melodia, Papete e as Divinas Folioas.

O projeto teve a aprovação de todos

“Foi importante para a divulgação e valorização da minha arte. Com esses espaços nos aproximados tanto do morador quanto do visitante que se encanta com a produção artesanal”.  Marilene Marques Moreira expôs na Feira de Artesanato do Espigão Costeiro, Artesã da Raposa

“As pessoas pedem os contatos também para as encomendas, logo, não é somente a venda, mas  os contatos para futuros negócios. A oportunidade do contato com o consumidor por meio das feiras é estratégico e essencial para nos manter”. Rosimary Silva Costa, vendedora na Feira Gastronômica do Espigão.

“É o nosso trabalho sendo reconhecido e incentivado e acima de tudo a oportunidade que temos de apresentar música própria para o público maranhense e visitantes. É o cartão de visitas da cultura maranhense”, Celso Reis, cantor em apresentação na praça Nauro Machado Centro Histórico.

“Há muito tempo não via esse centro histórico com tanta gente, curtindo e dançando a música maranhense. É o encontro do povo com a cultura local é a revitalização desse local”, João Lima, professor e morador de São Luís.

“Estou encantada com as pessoas, as danças, as músicas desse lugar. É uma cultura forte, intensa e muito expressiva. Tive a sorte de encontrar toda essa programação!”, Maria Albuquerque, turista de São Paulo.




domingo, 26 de julho de 2015

SÉRIE SOBRE AS BELEZAS DO MARANHÃO SERÁ EXIBIDA NA REDE RECORD

Terras das Águas é o nome da série sobre o Maranhão, que vai ao ar a partir desta segunda-feira (27), às 21h30, durante o Jornal da Record. Serão cinco episódios com duração de 15 minutos cada, exibidos em todo o Brasil e em 150 países, por meio da Record Internacional.

O roteiro estruturado pela Secretaria de Turismo do Maranhão contemplou os polos São Luís, Lençóis Maranhenses e Delta das Américas, e Chapada das Mesas. Além da capital, a equipe visitou municípios de Raposa e Alcântara, seguindo para Tutóia, Santo Amaro e Carolina. A ação também contou com o apoio das secretarias municipais de turismo e empresários do setor de cada cidade.

As imagens foram captadas em junho, durante o período dos festejos juninos. “Além dos destinos turísticos, a equipe da Rede Record pôde vivenciar toda a diversidade cultural encontrada no Maranhão. Nossa expectativa é que as reportagens apresentem parte das as enumeras experiências que o turista poderá vivenciar em nosso Estado", explicou a secretaria de Turismo do Maranhão, Delma Andrade.

ASSISTA A CHAMADA!

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Colônia de Férias do Sesc promove diversão e lazer para criançada



Reunindo 300 crianças com idade entre 6 e 10 anos, o Sesc  realizou na manhã desta segunda-feira, 20, a abertura do Projeto Brincando nas Férias 2015. Com o tema “Brincando no Circo”, até sábado (25) as crianças têm contato com o lúdico mundo circense. As atividades acontecem durante todo o dia, das 8 às 17 horas, no Sesc Turismo.

O objetivo do projeto é incentivar a prática de atividades de lazer, o divertimento com as práticas do circo e promover a integração social das crianças com o meio social, afetivo, educativo e cultural.

Os jogos são divididos em oficinas com temas ligados ao circo como malabarismo, equilibrismo, careta (expressão corporal), mágica, alegria do palhaço, além das estações que trazem as brincadeiras tradicionais, estação estripulia, tchibum, esportizando e estação parque de diversão, garantindo experiências divertidas utilizando o corpo e o imaginário infantil, propiciando o desenvolvimento e a socialização da criança.

Para Sofia Maluf, 8 anos, estreante na colônia de férias do Sesc as brincadeiras é o maior atrativo para participar do projeto: “Estou gostando muito, as brincadeiras são muito legais, quero muito brincar na piscina”.

Já Victor Matteus, 8 anos, pelo terceiro ano participando do Brincando nas Férias, essa é uma oportunidade de reencontrar amigos: “Todo ano peço para minha mãe para me inscrever, aqui já tenho vários amigos, o que mais gosto é do futebol de sabão”.

Pensando na segurança e no conforto das crianças, o Sesc disponibiliza durante todo o projeto uma equipe especializada na área de esportes, recreação e saúde para garantir um lazer saudável às crianças durante o período da colônia, evidenciando que o bem estar é uma das principais preocupações da organização do Brincando nas Férias. O pacote de férias inclui além de atividades recreativas, lanche e almoço. A colônia de férias é realizada em São Luís, na Unidade Turismo, entre 20 e 25 de julho, das 7 às 17 horas.

Bolsas de estudo para 2015.2 estão disponíveis em São Luís

Estão abertas as inscrições para o Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional que disponibiliza bolsas de estudos de até 70% para estudantes que não têm condições de pagar o valor integral da mensalidade em instituições de ensino particulares. No Maranhão estão sendo ofertadas mais de 24.700 mil vagas para o segundo semestre de 2015, distribuídas entre instituições de ensino de 28 municípios. Em São Luís há oportunidades para Ensino Básico, Graduação, Pós-Graduação, Cursos Técnicos, Cursos Profissionalizantes e de Idiomas.

Os candidatos às vagas podem escolher entre os cursos disponíveis no site. “Ao conceder bolsas de estudo em diversas etapas do ensino, contribuímos para a capacitação de profissionais e por consequência de uma mão de obra qualificada. Esses profissionais certamente terão mais condições de colaborar para o crescimento econômico-social do país”, afirma Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil.

Para conseguir o benefício, o candidato deverá acessar a página oficial do programa www.educamaisbrasil.com.br e realizar a inscrição. Mais informações podem ser adquiridas na central de atendimento: Capitais e regiões metropolitanas 4007-2020 e demais localidades 0800 724 7202.

UEMA cria Plug-in Ranking Block para estimular a participação dos alunos no Ambiente Virtual de Aprendizagem

Com o intuito de estimular a participação dos alunos e diminuir a evasão nos cursos oferecidos na modalidade a distância, o Núcleo de Tecnologias para Educação (UEMANET) da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) desenvolveu um plug¬in (ou módulo de extensão) chamado Ranking Block ou Bloco Ranking. 

O Ranking Block (RB) é um programa de código aberto com elementos de gamificação criado no ano passado, pelo supervisor de Desenvolvimento de Tecnologias Educacionais, Willian Araújo, para adicionar funcionalidade a programas mais complexos como, por exemplo, plataformas virtuais de ensino. “Esse plug¬in estimula a competitividade e possibilita o destaque aos mais empenhados já que o Ranking fica visível para todos que utilizarem a ferramenta”, disse Willian Araújo. 

Os elementos de gamificação do RB possibilita a projeção de uma escala na qual são dispostos em ordem decrescente os alunos com maiores pontuações, isso acontece conforme a resolução das atividades disponíveis no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) ao qual o plug¬in estiver integrado. No UEMANET, o LMS utilizado é o Moodle, um software livre de e¬learning, onde podem ser ministrados cursos on¬line. 

Para a coordenadora geral do UEMANET, Profa.Ilka Serra, essa tecnologia de informação é bastante positiva porque tem também uma perspectiva administrativa, além de ser parte de um projeto maior pretendido pela UEMA de gerar cada vez mais tecnologias de suporte a EAD. “O Ranking Block incentiva a participação dos alunos, mas também contribui para a análise dos alunos que frequentam ou não o ambiente virtual de aprendizagem, gerando um panorama sobre a evasão dos cursos a distância, algo muito discutido no cenário nacional”, comentou. 

O plug¬in está disponível no site do Moodle para download e também no site GitHub (https://github.com/willianmano/moodle-block_ranking), este último é voltado para desenvolvedores de software. 

Na plataforma Moodle, até o momento, 206 instituições de várias partes do mundo estão utilizando o Ranking Block. Já o número de downloads da ferramenta chega a, aproximadamente, 4 mil. 

Atualmente, a utilização do plug-in no Moodle tem sido aplicada aos cursos técnicos ofertados pela Universidade, mas até o final do mês de agosto, também, irá integrar os cursos de graduação e as especializações EAD.